Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

COVID-19? Tulum, o paraíso mexicano das festas sem regras sanitárias

Destinos no caribe mexicano se tornaram destino para turistas que desprezam riscos do coronavírus


21/03/2021 17:21 - atualizado 21/03/2021 18:36

(foto: Daniel SLIM/AFP)
(foto: Daniel SLIM/AFP)

Festivais de música eletrônica, festas clandestinas, discotecas onde não se usam máscaras. Tulum e outros destinos no caribe mexicano se tornaram um paraíso para os turistas que desprezam regras sanitárias e os riscos da COVID-19.

Conhecida por suas águas cristalinas e seu conceito "hippie", a pequena Tulum era frequentada antes da pandemia por viajantes que buscavam relaxamento e contato com a natureza.

Mas há projetos para torná-la uma das maiores referências em festivais de música eletrônica no México, o terceiro país mais atingido pela pandemia, com 196 mil mortes.

"O coronavírus é bobagem, a vida tem que continuar, não dá nada", disse Greta, uma espanhola que compareceu a uma 'rave' em dezembro. Para outros, as festas são motivo de preocupação e a cidade de 46 mil habitantes é alvo de críticas por suas medidas sanitárias negligentes.

O movimento aumentou a partir do final de 2020, quando foram realizados encontros de música e arte, em alguns casos, com mais de mil participantes.

Nas últimas duas semanas, foram organizadas 21 festas privadas, descobertas pela AFP em grupos que as promovem no WhatsApp.
(foto: Daniel SLIM/AFP)
(foto: Daniel SLIM/AFP)

Ao contrário de outros países, o México não restringiu o turismo e foi o terceiro mais visitado em 2020. Em destinos como Cancún, a vital indústria hoteleira ainda oferece descontos para a quarentena se os hóspedes forem infectados.

Segue o baile

Após o contágio de cinquenta participantes do festival Art With Me em novembro, do qual participaram até autoridades, o Zamna Festival, evento de música eletrônica de 16 dias que aconteceria entre dezembro e janeiro, foi cancelado.

A festa foi remarcada para abril, com anúncios de djs renomados como o alemães Boris Brejcha e Claptone e os ingleses Nick Warren e Damian Lazarus.

A organização explica em seu site que é necessário usar máscara durante o evento.

Quintana Roo, estado onde estão Tulum, Cancún e Riviera Maia, está em um alerta amarelo, a segunda fase de uma escala de risco em quatro níveis.

Neste estado, onde se prevê a chegada de centenas de milhares de visitantes na época da Páscoa, os bares e discotecas continuam fechados e os eventos em massa estão proibidos.

No entanto, grandes festas continuam a ser realizadas clandestinamente, afirma o setor hoteleiro, insatisfeito com as multidões. David Ortiz, presidente da Associação de Hotéis de Tulum, afirmou que esses eventos "mancham" a imagem do lugar.

O empresário disse que já foi assinado um acordo com a câmara municipal e que será apresentada ao parlamento local uma "iniciativa de cidadania" para endurecer as sanções a quem descumprir as restrições.

O que é o coronavírus

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte. 

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade