UAI
Publicidade

Estado de Minas FESTA JUNINA

Arraial de Belo Horizonte retorna com promessa de ser o melhor da história

Capital mineira também receberá o Concurso Nacional de Quadrilhas. Evento ocorrerá nos fins de semana de 29 de julho a 14 de agosto


15/07/2022 11:46 - atualizado 15/07/2022 13:35

Na foto, apresentação da quadrilha que apresentará no Arraial de Belo Horizonte, São Gerere, do Bairro São Geraldo, Zona Leste de BH
Após dois anos de restrições mais intensas impostas pela pandemia de COVID-19, a festa retorna de forma presencial entre os dias 29 a 31 de julho, 6 e 7 e 13 e 14 de agosto (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)

O tradicional Arraial de Belo Horizonte está totalmente de volta em 2022. Após dois anos de restrições impostas pela pandemia de COVID-19, a festa presencial ocorrerá na Praça da Estação, no Centro da capital, nos dias 29, 30 e 31 de julho e 6, 7, 13 e 14 de agosto. A entrada é gratuita. 

Por causa dos casos de coronavírus, a festividade foi cancelada em 2020 e retornou no formato on-line em 2021. Agora, a previsão é que o evento, que já registrou público de 100 mil pessoas em edições anteriores, seja o maior dos últimos tempos. São esperadas mais de 70 quadrilhas e 140 mil pessoas.



“O arraial marca o retorno dos grandes eventos de Belo Horizonte. Nossa festa é uma das cinco grandes do país, considerada a maior e melhor festa junina do Sul-Sudeste. A gente nunca busca ser o maior, mas o melhor. E posso dizer que é o melhor evento junino do Brasil”, disse o presidente da Belotur, Gilberto Castro, nesta sexta-feira (15/7). 

Nos três fins de semana, o Arraial contará com shows de grupos locais e nacionais, como a dupla sertaneja Rionegro & Solimões, já confirmada para o domingo, dia 7/8. O calendário completo será disponibilizado em breve, sendo publicado no site criado para o evento.

“A gente está muito feliz com a novidade, já que no terceiro fim de semana ainda teremos o concurso nacional de quadrilhas. No primeiro serão com os grupos municipais de acesso e no próximo, a gente realiza o grupo especial e o concurso estadual”, concluiu.

Arraial de BH custará R$ 3,2 milhões


Segundo a Prefeitura de BH, somado ao valor de patrocínios e parceiros externos, o investimento no evento será de R$ 3,2 milhões. O dinheiro deve ser recuperado em tributos e atividades econômicas. É o que considera o prefeito Fuad Noman (PSD).

“Se colocarmos 140 mil pessoas na rua, vamos ter retorno superior a este valor. As pessoas nas ruas aproveitam mais e consomem mais. Então é uma alegria reabrir o arraial e temos a promessa de que cada ano será melhor que o outro. Vamos fazer o melhor desses 43 anos”, comentou o chefe do Executivo municipal. 

Fuad também avalia que a retomada do arraial valoriza ainda mais os artistas envolvidos neste tipo de evento. “Quadrilheiros, coloquem todo o coração nessa tradição, para que as pessoas possam novamente vibrar com a nossa cidade”.
 
Na foto, Jadson Nantes, CNT Prates, Cel da PM Micael, prefeito Fuad Noman, Gilberto Castro, da Belotour, Secretário de Segurança da PBH Genilson Zeferim, e Secretária da Cultura Eliane Parreira
Segundo a PBH, somado ao valor de patrocínios e parceiros externos, o investimento no evento será de R$ 3,2 milhões. (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade