UAI
Publicidade

Estado de Minas BAIRRO UNIÃO

Homem é preso após invadir casa para matar a ex e esfaquear a mãe dela

Ex-companheira do agressor disse que ela e a mãe têm medidas protetivas contra ele por ocorrências anteriores. Homem foi detido perto dos trilhos do metrô de BH


18/11/2021 08:21 - atualizado 18/11/2021 08:34

Hospital Risoleta Neves
Mãe da jovem foi levada para o Hospital Risoleta Neves em estado grave (foto: Ramon Lisboa/EM/D.A Press - 01/08/2015)


Um homem de 24 anos foi preso após esfaquear a ex-sogra, de 44 anos, na noite dessa quarta-feira (17/11) no Bairro União, Região Nordeste de Belo Horizonte. Segundo testemunhas, ele invadiu a casa da família ameaçando matar a ex-companheira, de 28. Tanto ela quanto a mãe têm medidas protetivas contra ele. 

Segundo a jovem, pouco antes das 23h, ela estava em casa com familiares quando fo homem arrombou o portão da frente e a porta da casa e entrou um facão. 

Ela disse que ele danificou móveis e eletrodomésticos. Transtornado, ele a procurava pela casa dizendo que ia matá-la. Em determinado momento, ele começou a avançar contra as outras pessoas da família e atacou a ex-sogra, que levou vários golpes e perdeu muito sangue. As pessoas que estavam na casa tentaram segurá-lo, mas não conseguiram. Ele fugiu em direção à linha do metrô.

A mulher ferida foi levada ao Hospital Risoleta Neves, em Venda Nova, em estado grave. Ela permaneceu no local sob cuidados médicos. 

Os policiais começaram a fazer um rastreamento na região da Estação do Metrô Minas Shopping, perto do local. Como estava escuro e a vegetação é densa, eles tiveram  apoio do helicóptero Pegasus. 

O suspeito acabou localizado escondido em um matagal. De acordo com a Polícia Militar, ele tentou resistir à prisão e foi preciso imobilizá-lo e algemá-lo. Ele sofreu alguns arranhões na abordagem e foi levado à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Nordeste. 

A filha da vítima disse que tanto ela quanto a mãe têm medidas protetivas contra o ex-companheiro dela por conta de outras ocorrências de agressão anteriores. 

Ainda de acordo com a PM, questionado, o homem se limitou a confirmar as versões das vítimas e testemunhas. Ele foi encaminhado à 3ª Delegacia de Polícia Civil Leste. 

O que é relacionamento abusivo?

Os relacionamentos abusivos contra as mulheres ocorrem quando há discrepância no poder de um em relação ao outro. Eles não surgem do nada e, mesmo que as violências não se apresentem de forma clara, os abusos estão ali, presentes desde o início. É preciso esclarecer que a relação abusiva não começa com violências explícitas, como ameaças e agressões físicas.

A violência doméstica é um problema social e de saúde pública e, que quando se fala de comportamento, a raiz do problema está na socialização. Entenda o que é relacionamento abusivo e como sair dele.

Leia também:
 Cidade feminista: mulheres relatam violência imposta pelos espaços urbanos

Como denunciar violência contra mulheres?

  • Ligue 180 para ajudar vítimas de abusos.
  • Em casos de emergência, ligue 190.

O que é violência física?

  • Espancar
  • Atirar objetos, sacudir e apertar os braços
  • Estrangular ou sufocar
  • Provocar lesões

O que é violência psicológica?

  • Ameaçar
  • Constranger
  • Humilhar
  • Manipular
  • Proibir de estudar, viajar ou falar com amigos e parentes
  • Vigilância constante
  • Chantagear
  • Ridicularizar
  • Distorcer e omitir fatos para deixar a mulher em dúvida sobre sanidade (Gaslighting)

O que é violência sexual?

  • Estupro
  • Obrigar a mulher a fazer atos sexuais que causam desconforto 
  • Impedir o uso de métodos contraceptivos ou forçar a mulher a abortar
  • Limitar ou anular o exercício dos direitos sexuais e reprodutivos da mulher

O que é violência patrimonial?

  • Controlar o dinheiro
  • Deixar de pagar pensão
  • Destruir documentos pessoais
  • Privar de bens, valores ou recursos econômicos
  • Causar danos propositais a objetos da mulher

O que é violência moral?

  • Acusar de traição
  • Emitir juízos morais sobre conduta
  • Fazer críticas mentirosas
  • Expor a vida íntima
  • Rebaixar por meio de xingamentos que incidem sobre a sua índole

Leia mais:



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade