UAI
Publicidade

Estado de Minas LESTE DE MINAS

Homem suspeito de manter mulher em cárcere privado é procurado pela PM

O suspeito de agredir fisicamente e manter sua mulher em cárcere privado está sendo procurado pela Polícia Militar na região de São Sebastião do Anta


30/08/2021 19:59 - atualizado 30/08/2021 20:07

Polícia Militar está à procura do suspeito das agressões na região de São Sebastião do Anta
Polícia Militar está à procura do suspeito das agressões na região de São Sebastião do Anta (foto: PMMG/Divulgação)
A Polícia Militar está à procura de um homem de 38 anos, suspeito de agredir e manter sua mulher em cárcere privado na cidade de São Sebastião do Anta, no Leste de Minas. O caso chegou até à PM no sábado (28/8), por meio da mulher, de 22 anos, vítima das agressões e do cárcere em sua própria casa.

LEIA TAMBÉM: 
Depois de 43 anos, mulher reencontra irmão e as duas filhas

Ela contou aos policiais que há três meses estava vivendo com esse homem, mas nos últimos 20 dias, ela quis romper o relacionamento. Furioso, o homem não aceitou ser abandonado pela mulher e partiu para as agressões físicas.
O suspeito, de acordo com a vítima, a levou para uma plantação de café e a agrediu com chutes na cabeça e no rosto. Depois, cortou uma galha de pé de café, desfolhou e fez uma vara, com a qual aplicou vários golpes no seu corpo.
 
Depois das agressões e uma série de humilhações, a mulher foi levada de volta para casa, onde ficou trancada. Ela contou aos policiais que o homem dava a ela medicamentos tranquilizantes para ela ficar dopada o tempo todo.
 
A Polícia Militar informou que a mulher foi salva por uma amiga, que soube de seu drama e ameaçou chamar a polícia para prender o suspeito, que ficou com medo e resolveu liberar a companheira do cárcere.

Agora, a Polícia Militar está fazendo rastreamentos em São Sebastião do Anta e região para localizá-lo e prendê-lo.
 

O que é relacionamento abusivo?

Os relacionamentos abusivos contra as mulheres ocorrem quando há discrepância no poder de um em relação ao outro. Eles não surgem do nada e, mesmo que as violências não se apresentem de forma clara, os abusos estão ali, presentes desde o início. É preciso esclarecer que a relação abusiva não começa com violências explícitas, como ameaças e agressões físicas.

A violência doméstica é um problema social e de saúde pública e, que quando se fala de comportamento, a raiz do problema está na socialização.  Entenda o que é relacionamento abusivo e como sair dele .

Leia também:
  Cidade feminista: mulheres relatam violência imposta pelos espaços urbanos

Como denunciar violência contra mulheres?

  • Ligue 180 para ajudar vítimas de abusos.
  • Em casos de emergência, ligue 190.

O que é violência física?

  • Espancar
  • Atirar objetos, sacudir e apertar os braços
  • Estrangular ou sufocar
  • Provocar lesões

O que é violência psicológica?

  • Ameaçar
  • Constranger
  • Humilhar
  • Manipular
  • Proibir de estudar, viajar ou falar com amigos e parentes
  • Vigilância constante
  • Chantagear
  • Ridicularizar
  • Distorcer e omitir fatos para deixar a mulher em dúvida sobre sanidade (Gaslighting)

O que é violência sexual?

  • Estupro
  • Obrigar a mulher a fazer atos sexuais que causam desconforto 
  • Impedir o uso de métodos contraceptivos ou forçar a mulher a abortar
  • Limitar ou anular o exercício dos direitos sexuais e reprodutivos da mulher

O que é violência patrimonial?

  • Controlar o dinheiro
  • Deixar de pagar pensão
  • Destruir documentos pessoais
  • Privar de bens, valores ou recursos econômicos
  • Causar danos propositais a objetos da mulher

O que é violência moral?

  • Acusar de traição
  • Emitir juízos morais sobre conduta
  • Fazer críticas mentirosas
  • Expor a vida íntima
  • Rebaixar por meio de xingamentos que incidem sobre a sua índole

Leia mais:

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade