Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Idosos de 62 anos comemoram segunda dose em BH: 'A vacina é essencial'

O público deve comparecer aos postos fixos e de drive-thru de Belo Horizonte até as 16h30, para receber a última dose contra a COVID-19


13/07/2021 12:43 - atualizado 13/07/2021 13:22

Tereza Messias, de 62 anos, recebeu a segunda dose no Centro de Saúde Sagrada Família, em BH(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Tereza Messias, de 62 anos, recebeu a segunda dose no Centro de Saúde Sagrada Família, em BH (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Idosos de 62 anos recebem, a partir desta terça-feira (13/7), a segunda dose da vacina contra a COVID-19 em Belo Horizonte. Conforme informado pela PBH, a imunização para a faixa etária ocorre até às 16h30 nos postos fixos e de drive-thru destinados para o público.

No Brasil, apenas o imunizante da Janssen é aplicado em dose única. As demais, CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer, são aplicadas em duas doses para que a eficácia prometida nos estudos seja efetivamente garantida.

Edineia Quintão, de 62 anos, ressaltou a importância de todas as vacinas(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Edineia Quintão, de 62 anos, ressaltou a importância de todas as vacinas (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
A comerciante Edineia Quintão, de 62 anos, foi uma das moradoras que completaram seu esquema vacinal com a AstraZeneca, no Centro de Saúde Sagrada Família, na Região Leste. Para ela, a pandemia apenas ressaltou a importância da vacina para a saúde da população, independente de qual seja a doença.

“Penso em todas as vidas que foram perdidas devido ao atraso na vacina e acho um absurdo quem está ignorando ela. A vacinação é essencial para evitar não só a COVID, mas outras doenças. Quando a gente era criança não tinha esse problema. Vacina é essencial para nossa saúde”, declarou.

A dona de casa, Tereza Messias, de 62 anos, também comemorou a imunidade final do imunizante contra o coronavírus. “Graças a Deus, vacinada. Hoje foi muito tranquilo a espera, sossegado. Agora é continuar tomando todos os cuidados e esperar que meu marido tome a segunda dose dele, amanhã”, disse.

Para a conclusão do esquema vacinal, é necessário levar o comprovante de residência, cartão de vacina, documento de identidade e CPF.

As pessoas convocadas devem se imunizar exclusivamente nos locais listados para cada grupo. Caso o usuário compareça em unidades diferentes daquelas definidas, não será realizada a vacinação. Todos os endereços podem ser conferidos no portal da PBH.

Segundo dados da administração municipal, até o momento, 465.356 idosos receberam a primeira e 338.468 a segunda dose dos imunizantes.

Confira o calendário de vacinação desta semana em BH:

  • 13 de julho, terça-feira: segunda dose para idosos de 62 anos
  • 14 de julho, quarta-feira: pessoas de 42 anos, completos até dia 31 de julho, exclusivamente residentes de Belo Horizonte
  • 15 de julho, quinta-feira: segunda dose para idosos de 61 anos
  • 16 de julho, sexta-feira:  pessoas de 41 anos, completos até dia 31 de julho, exclusivamente residentes de Belo Horizonte
  • 17 de julho, sábado: segunda dose para idosos de 60 anos
* Estagiária sob supervisão da subeditora Ellen Cristie. 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade