Publicidade

Estado de Minas SEM ESCOLHAS

Divinópolis altera sistema para tenta barrar 'sommeliers da vacina'

Mudança no cadastro foi informada no mesmo dia em que a prefeitura definiu suspender vacinação por grupos prioritários


09/07/2021 19:32 - atualizado 09/07/2021 19:42

A cidade irá vacinar apenas por idade a partir de segunda-feira (12/7)(foto: Pablo Santos/Prefeitura de Divinópolis)
A cidade irá vacinar apenas por idade a partir de segunda-feira (12/7) (foto: Pablo Santos/Prefeitura de Divinópolis)
Para tentar barrar os “sommeliers da vacina” a Prefeitura de Divinópolis, na Região Centro-Oeste de Minas, retirou do site a opção de excluir o cadastrado. A partir de agora, independentemente se a pessoa se ausentar no dia da vacinação, ela só poderá ser imunizada com a vacina informada na confirmação do cadastramento.

Na cidade, a pessoa já sabe qual dos quatro imunizantes irá receber a partir do agendamento. Para escolher o de preferência, algumas simplesmente se ausentavam na data prevista e se descadastravam. Bastava repetir o processo para ter direito a uma nova data, às vezes em novo endereço e com o imunizante desejado.

A partir de agora, quem se ausentar terá, obrigatoriamente, que ser vacinado com a marca informada no cadastro

Caso a pessoa se ausente, ela poderá procurar os pontos de vacinação em qualquer data em que esteja funcionando, mas só irá receber a vacina informada na ficha cadastral. Ela deverá ser apresentada como confirmação.

A CoronaVac, do Instituto Butantã, é a campeã de ausência. Balanço da Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) aponta que 503 pessoas não compareceram para vacinar. Outras 374 previstas para receberem a AstraZeneca também não foram na data agendada.

Vacinação por idade

A mudança foi informada no mesmo dia em que a prefeitura comunicou que não irá definir mais grupos prioritários. A partir desta segunda-feira (12/7), a vacinação será apenas por idade. “Todos são prioritários”, declarou o prefeito Gleidson Azevedo (PSC).

A vice-prefeita e secretária de Governo, Janete Aparecida, informou que a medida é baseada em decisão do governador do estado, Romeu Zema, que deu autonomia ao município em definir.

“A fila andará mais rápido, pois vamos conseguir fazer uma vacinação conjunta. A política de criar grupos desagrada todo mundo. Descendo por idade, vamos vacinar de forma mais rápida e mais justa”, destacou.

O cadastro até esta sexta-feira (9/7) estava para pessoas nascidas em 1975 ou em anos anteriores, ou seja, com 45 anos ou mais.
 

Balanço

Divinópolis recebeu até quinta-feira (8/7) 145.394 doses de vacinas contra a COVID-19, sendo 64.042 da CoronaVac, 62.095 doses da AstraZeneca, 5.925 doses da Janssen e 13.332 doses da Pfizer.

No total, foram aplicadas 127.603 doses, sendo 94.363 referentes à primeira; 31.539, a segunda; e outras 1.701 de doses únicas. 

*Amanda Quintiliano especial para o EM
 

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade