Publicidade

Estado de Minas IMUNIZAÇÃO

'Alívio e esperança': pessoas de 52 anos são vacinadas contra COVID em BH

Postos fixos e de drive-thru funcionam até ás 16h30 para o público desta faixa etária nesta segunda-feira (28/6)


28/06/2021 10:41 - atualizado 28/06/2021 11:20

Vacinação no Centro de Sáude Sagrada Família nesta segunda-feira (28/6)(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Vacinação no Centro de Sáude Sagrada Família nesta segunda-feira (28/6) (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
A vacinação contra a COVID-19 avança mais uma etapa em Belo Horizonte. Após a retomada da campanha para o público geral na semana passada, nesta segunda-feira (28/6) chegou a vez das pessoas de 52 anos comparecerem aos postos fixos e de drive-thru para receberem a primeira dose do imunizante

José Luiz da Silva, de 52 anos, foi um dos vacinados no Centro de Saúde Sagrada Família, na Região Centro-Sul da capital. Para ele, a imunização significa garantia de que estará protegido contra o coronavírus, principalmente durante o trabalho.

“É difícil para quem precisa sair para trabalhar e resolver outras coisas na rua. Mas graças a Deus essa pandemia está passando. Espero que em breve a gente volte à vida normal”, disse o construtor de obras.

José Luiz da Silva, de 52 anos, se sente mais seguro após receber a vacina(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
José Luiz da Silva, de 52 anos, se sente mais seguro após receber a vacina (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Além da sua imunidade, José Luiz também comemorou que nesta semana mais três de seus irmãos, com idade entre 52 a 50 anos, serão vacinados. Conforme programação da PBH, a expectativa de público para tomar a primeira dose da vacina nesta fase é de cerca de 64 mil pessoas.

“Para gente é um alívio. Menos preocupação de que essa doença possa atingir nossa família”, relatou.

Rejiane Vitor Silva, de 52, conta que esperou a chegada de sua vez na fila da vacinação com tranquilidade, seguindo à risca todos cuidados preventivos. Segundo a gerente de imobiliária, seu maior desejo, antes e depois da sua imunidade, é que mais pessoas possam também receber a proteção, no menor tempo possível.

Rejiane Vitor Silva, de 52, espera que, assim como ela, mais pessoas sejam vacinadas na capital(foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
Rejiane Vitor Silva, de 52, espera que, assim como ela, mais pessoas sejam vacinadas na capital (foto: Edesio Ferreira/EM/D.A Press)
“Eu estou mais tranquila. Mas vou ficar muito mais quando todo mundo for vacinado para que a gente possa voltar a vida normal e acabar com essa situação tão ruim que estamos vivendo”, disse a gerente, vacinada nesta segunda (28/6) também no Centro de Saúde Sagrada Família.

Nesta terça-feira (29/6), as pessoas de 51 anos poderão ser imunizados na cidade.

Confira a programação do Executivo municipal:


  • Dia 28, segunda-feira: pessoas de 52 anos, completos até dia 30 de junho
  • Dia 29, terça-feira: pessoas de 51 anos, completos até dia 30 de junho
  • Dia 30, quarta-feira: pessoas de 50 anos, completos até dia 30 de junho

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.


Quais os sintomas do coronavírus?

Desde a identificação do vírus Sars-CoV2, no começo de 2020, a lista de sintomas da COVID-19 sofreu várias alterações. Como o vírus se comporta de forma diferente de outros tipos de coronavírus, pessoas infectadas apresentam sintomas diferentes. E, durante o avanço da pesquisa da doença, muitas manifestações foram identificadas pelos cientistas. Confira a relação de sintomas de COVID-19 atualizada.

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença provocada pelo vírus Sars-CoV2, com os primeiros casos registrados na China no fim de 2019, mas identificada como um novo tipo de coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em janeiro de 2020. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou a COVID-19 como pandemia.

(foto: Hudson Franco/EM/D.A Press)
(foto: Hudson Franco/EM/D.A Press)

Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal




* Estagiária sob supervisão do subeditor Frederico Teixeira


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade