Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Sete Lagoas investe em usina de oxigênio para pacientes com COVID-19

Inicialmente, ela fornecerá oxigênio para 24 leitos de enfermaria; segundo a prefeitura, investimento será recuperado em menos de dois anos


25/05/2021 17:16 - atualizado 25/05/2021 17:40

Prefeito Duílio de Castro (Patriota) e equipe da Secretaria de Saúde acompanharam o início da operação da usina de oxigênio em Sete Lagoas(foto: Prefeitura de Sete Lagoas)
Prefeito Duílio de Castro (Patriota) e equipe da Secretaria de Saúde acompanharam o início da operação da usina de oxigênio em Sete Lagoas (foto: Prefeitura de Sete Lagoas)
Depois que vários municípios brasileiros passaram por crises de abastecimento de oxigênio durante a pandemia do coronavírus, Sete Lagoas investiu na instalação de uma usina própria, capaz de produzir 17 metros cúbicos do gás medicinal por hora. 

Segundo a prefeitura, além da segurança, haverá economia para o município.

A usina foi operada pela primeira vez nessa segunda-feira (24/5), e, inicialmente, fornecerá oxigênio para 24 leitos de enfermaria exclusivos para casos de COVID-19.
 
Ela foi instalada na nova unidade de saúde que está sendo preparada, onde antes funcionava a sede da Guarda Municipal (Rua Major Castanheira).

“Vamos economizar quase R$ 50 mil por mês de recursos que seriam gastos na compra de oxigênio. Em menos de dois anos este investimento estará recuperado”, avaliou o prefeito Duílio de Castro (Patriota).
 
A usina é capaz de produzir 17 metros cúbicos de oxigênio por hora e, em breve, estará operando com sua capacidade máxima.
 
“Esta usina vai permitir uma independência neste tipo de suporte e depois ela será transferida para o Hospital Municipal. O mais importante, neste momento, é garantir o abastecimento desta unidade onde serão inaugurados novos leitos clínicos”, explica o secretário municipal de Saúde, Dr. Flávio Pimenta.
 
 

Pandemia em Sete Lagoas

De acordo com o boletim epidemiológico desta terça-feira(25/5), houve um aumento de 0,6% nas notificações de casos suspeitos nas últimas 24 horas.
 
Sete Lagoas chega a 18.888 casos positivos. Até o momento, são 484 óbitos por COVID-19.
 
Dois óbitos em decorrência de complicações da doença foram confirmados nessa segunda-feira (24/5): uma mulher de 57 anos, que estava internada na Unimed, e um homem de 43, que estava no Hospital Municipal.
 
 

Vacinação

A campanha Vacinação Solidária segue no município. De forma voluntária, quem se vacina pode doar alimentos que serão destinados a famílias em situação de vulnerabilidade social.
 
Desde 6 de abril, quando teve início a campanha, até 19 de maio, já foram arrecadadas mais de 5,3 toneladas de alimentos.
 
Nesta quarta-feira (26/5), dois grupos recebem a 2ª dose da vacina. Profissionais da assistência à saúde e idosos que tomaram a 1ª dose da Astrazeneca/Oxford até 26 de fevereiro receberão a 2ª dose no estacionamento do Unifemm (entrada pela rua Pedra Grande), das 8h30 às 16h.

Documentos necessários: comprovante de vacinação da 1ª dose - Astrazeneca, cartão SUS e CPF.
 
Já quem recebeu a 1ª dose da Coronavac até 17 de abril recebe a 2ª dose na Drogaria Drogasil (Av. Villa Lobos, 622, Jardim Cambuí), das 8h30 às 16h. Documentos necessários: comprovante da 1ª dose (Coronavac/Butantan) e cartão SUS ou CPF.
 
Aos poucos, o cronograma está sendo regularizado devido ao envio de doses pelo governo federal e distribuição do governo de Minas às regionais de Saúde.

Idosos acamados ou com dificuldade de locomoção devem solicitar a vacina em domicílio ligando para o ESF mais próximo. Informações: (31) 3773-2576.
 
Até esta segunda-feira (24/5), receberam a 1ª dose da vacina 50.701 pessoas (21% da população). A 2ª dose já foi aplicada em 24.253 pessoas (10% da população).
 
Um novo quantitativo de doses da vacina deve chegar esta semana a Sete Lagoas e mais um cronograma de vacinação será anunciado nas redes sociais oficiais da prefeitura.

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.


Quais os sintomas do coronavírus?

Desde a identificação do vírus Sars-CoV2, no começo de 2020, a lista de sintomas da COVID-19 sofreu várias alterações. Como o vírus se comporta de forma diferente de outros tipos de coronavírus, pessoas infectadas apresentam sintomas diferentes. E, durante o avanço da pesquisa da doença, muitas manifestações foram identificadas pelos cientistas. Confira a relação de sintomas de COVID-19 atualizada.

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença provocada pelo vírus Sars-CoV2, com os primeiros casos registrados na China no fim de 2019, mas identificada como um novo tipo de coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em janeiro de 2020. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou a COVID-19 como pandemia.


Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal










 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade