Publicidade

Estado de Minas Norte de Minas

Montalvânia fecha comércio após surto de COVID-19 em funcionários da saúde

Seis trabalhadores da área tiveram teste positivo para o novo coronavírus; cidade tem, agora, 13 casos confirmados


postado em 14/07/2020 16:09 / atualizado em 14/07/2020 16:27

Testaram positivo para o coronavírus três funcionários do Hospital Municipal e três servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Montalvânia(foto: Prefeitura de Montalvânia/divulgação)
Testaram positivo para o coronavírus três funcionários do Hospital Municipal e três servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Montalvânia (foto: Prefeitura de Montalvânia/divulgação)
A Prefeitura de Montalvânia, no Norte de Minas, recuou no processo de flexibilização e decidiu fechar o comércio e os serviços não essenciais na cidade depois que seis funcionários da área de saúde foram testados positivos para a COVID-19 – chegou a 13 o número de casos da doença no município.

As medidas foram endurecidas por meio de decreto assinado nesta terça-feira (14) pelo prefeito de Montalvânia, José Florisval Ornelas (PTB).

As restrições não têm prazo para acabar e, de acordo com o decreto, “poderão ser reavaliadas a qualquer momento, conforme estágio de evolução da COVID-19".

Montalvânia, de 14,8 mil habitantes, situada na divisa com a Bahia, tornou-se conhecida por ter sido fundada pelo lendário Antônio Montalvão, politico, escritor e arqueólogo autodidata.

A cidade enfrenta dificuldades para o atendimento aos pacientes com o novo coronavírus por causa da falta de estrutura. Os casos mais graves, com necessidade de internação em Unidade de Tratamento Intensivo (UTI), precisam de transferência para Brasília de Minas (a 293 quilômetros de distância) ou Montes Claros (a 344 quilômetros), na mesma região.

Conforme informações da assessoria de comunicação da prefeitura, foi feita a testagem em massa dos servidores da saúde da cidade. Testaram positivo para o coronavírus três funcionários do Hospital Municipal e outros três servidores da Secretaria Municipal de Saúde de Montalvânia.

Os seis foram afastados de suas funções e estão sendo monitorados em isolamento domiciliar.

O que pode funcionar na cidade


De acordo com o novo decreto assinado pelo prefeito, será mantido apenas o funcionamento do comércio e dos serviços essenciais, incluindo farmácias, supermercados, mercearias, padarias, açougues, postos de combustíveis, revendas de agua mineral, gás de cozinha, produtos agrícolas e veterinários, provedores de internet, borracharias, oficinas mecânicas, agências bancárias, agências lotéricas e funerárias.

Os estabelecimentos poderão ficar abertos até as 18h.

Outra medida é que os moradores que viajarem para outros municípios com casos da COVID-19, ao retornarem a Montalvânia, obrigatoriamente, terão que permanecer 14 dias em isolamento domiciliar.

Pensadores e filósofos


As pessoas que visitarem Montalvânia, ao circular pela cidade vão encontrar os nomes de cientistas, físicos, filósofos e grande pensadores da humanidade.

As ruas de Montalvânia receberam os nomes de cientistas por iniciativa de Antônio Lôpo Montalvão (1917-1992), que fundou o município em 1963.

Autodidata, Montalvão foi professor de português, escritor, poeta, arqueólogo e até tradutor. Visionário e estudioso de filosofia, ele colocou nas ruas da cidade que fundou os nomes de pensadores e cientistas.

Entre outras figuras de destaque da humanidade, as ruas e praças de Montalvânia receberam os nomes de Sigmund Freud (austríaco, “o pai da psicanálise”), dos franceses Michel de Montaigne (filósofo), Blaise Pascal (físico) e Louis Pasteur (cientista), do polonês Nicolau Copérnico (físico), do astrônomo Johannes Kepler e do cientista Albert Einstein (ambos alemães), do naturalista Charles Darwin e do astrônomo Isaac Newton (ingleses) e do astrônomo Galileu Galilei (italiano), além dos filósofos gregos Aristóteles e Platão.

O que é o coronavírus


Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.
Vídeo: Por que você não deve espalhar tudo que recebe no Whatsapp

Como a COVID-19 é transmitida? 

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Vídeo: Pessoas sem sintomas transmitem o coronavírus?


Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.
Vídeo: Flexibilização do isolamento não é 'liberou geral'; saiba por quê

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia

Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal
Os tipos de sintomas para COVID-19 aumentam a cada semana conforme os pesquisadores avançam na identificação do comportamento do vírus. 

Vídeo explica por que você deve 'aprender a tossir'


Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o vírus Sars-CoV-2 é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Coronavírus e atividades ao ar livre: vídeo mostra o que diz a ciência

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade