Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Coronavírus: grupo voluntário produz e distribui protetores faciais a profissionais de saúde de BH

Voluntários atendem à demanda de hospitais da capital e pretendem produzir 500 protetores por dia


postado em 26/03/2020 18:03 / atualizado em 26/03/2020 21:58

(foto: Carlos Ribeiro/Divulgação)
(foto: Carlos Ribeiro/Divulgação)
Em meio à pandemia de coronavírus, o grupo voluntário “trem maker” trabalha na produção de protetores faciais, chamados “face shields”, contra a contaminação da COVID-19.  A rede atende à demanda de diversos hospitais de Belo Horizonte e distribui, gratuitamente, os protetores para uso dos profissionais da saúde.
 
Um dos fundadores do grupo, Carlos Ribeiro, explica que o movimento já existe há quatro anos, mas que a iniciativa contra a COVID-19 surgiu a partir da demanda de 30 “face shields” com urgência para o Hospital das Clínicas. Com o aumento diário de pedidos, novos voluntários foram se mobilizando e, atualmente, o grupo produz cerca de 100 protetores faciais por dia. Ainda segundo o fundador, a meta é que sejam confeccionadas 500 face shields diariamente.
 
Carlos orienta que o pedido deve ser feito pelo site do grupo, para então passar por uma triagem que irá priorizar os atendimentos. O coletivo reúne engenheiros, designers, publicitários e especialistas em fabricação digital. Todos envolvidos na produção e distribuição dos equipamentos aos profissionais da saúde de BH. O cofundador ressalta que o processo conta com a ajuda de médicos voluntários, que avaliam se cada produto cumpre as normas exigidas.
 
Site do grupotremmaker.com.br 
 
 
 
 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Especial: Tudo sobre o coronavírus 

 


Publicidade