Publicidade

Estado de Minas TURISMO

De São Bartolomeu pode vir alguma coisa boa?

Conheça o distrito de Ouro Preto que está concorrendo a uma das 'Melhores vilas turísticas do mundo'


14/09/2021 06:00 - atualizado 14/09/2021 07:55

(foto: Secretaria de Turismo de Ouro Preto/Peterson Bruschi)
(foto: Secretaria de Turismo de Ouro Preto/Peterson Bruschi)

De Nazaré pode vir alguma coisa boa? Essa foi a pergunta de São Bartolomeu (que ainda não era santo) quando São Filipe comunicou a ele que havia encontrado o Messias e que ele vinha de Nazaré. Essa fala ilustra bem quais eram as expectativas judaicas com relação ao Messias. Entretanto, em seu primeiro encontro com Jesus, ele recebe um elogio, que mostra como Jesus Cristo sabia sobre sua vida e seus momentos críticos. Sem narrações bíblicas que tratam dele especificamente, o santo, também conhecido como Natanael, se tornou um apóstolo de Cristo e seguiu pregando o cristianismo, até que morreu por esfolamento. Mas São Bartolomeu também dá nome a um pequeno povoado da histórica Ouro Preto, e depois de milhares de anos fazemos a mesma pergunta: de São Bartolomeu pode vir alguma coisa boa?!

Melhor vila turística do mundo pode estar em MG, pertinho de BH

A resposta é sim! O vilarejo de pouco mais de 700 habitantes que está localizado a 18km da sede Ouro Preto, já é conhecido por muitos como a terra dos doces artesanais. A tradição dos doces de frutas é patrimônio imaterial de Ouro Preto, desde 2008. Entre os produtos, o mais famoso é a goiabada cascão. O distrito ainda possui um belo casario do século XVIII, sendo que algumas dessas casas contam com oratórios públicos inseridos nas construções. Entre os vestígios do período do ciclo do ouro, destaca-se a Igreja de São Bartolomeu, localizada no centro do povoado, como todo bom destino de interior. Os altares apresentam o Estilo Nacional Português, e as características arquitetônicas dessa igreja - com três janelas, torres com telhadinho e cunhais de madeira - é típica das primeiras construções em Minas Gerais.

Às margens do Rio das Velhas, o vilarejo também possui belezas naturais, pois é cercada pelo Parque Estadual do Uaimií. Portanto, quem quer aliar a tranquilidade da vila com passeios por trilhas e cachoeiras, São Bartolomeu é um destino certo. E como todo interior que se preze, o povoado é bem festeiro! Em abril, acontece a Festa Cultural da Goiaba, na qual é celebrada a tradição de se fazer doces artesanais, passada de geração em geração. Nessa festa, há degustação dos doces, exposições, sorteios, além de oficinas e shows. Em agosto, é a vez da Festa de São Bartolomeu e do Divino Espírito Santo, também patrimônio imaterial de Ouro Preto, desde 2014. Nessa celebração são escolhidos o Rei e a Rainha da Festa, que saem em um luxuoso e alegre cortejo pelo distrito. A Folia do Divino de São Bartolomeu tem uma presença fundamental na festa, tendo início 80 dias antes das celebrações, com a Bandeira do Divino passando de casa em casa para arrecadação de "esmolas" para o festejo, sendo uma prática de difusão da fé no Divino Espírito Santo, devoção herdada dos portugueses.

E por este estilo peculiar e encantador, a pequena São Bartolomeu está concorrendo para entrar para o cenário mundial do turismo, como uma das melhores vilas turísticas do mundo, no programa da Organização Mundial do Turismo. As ganhadoras receberão um selo da OMT, que identificará vilas que são exemplos marcantes de destinos turísticos rurais com bens culturais e naturais reconhecidos, que preservam e promovem valores rurais e comunitários, produtos e estilos de vida e que defendem um compromisso manifesto com a inovação e a sustentabilidade em todos os seus aspectos: econômico, social e ambiental. Este cenário começa a tornar real os investimentos e iniciativas ligadas ao turismo de experiência, pelas grandes organizações.

No Brasil, estão concorrendo, além de São Bartolomeu, Pomerode em Santa Catarina e Barretos, em São Paulo. Mas Ouro Preto, além de sua bela sede que conta tanto da história do Brasil, tem conseguido apresentar também seus distritos turísticos de maneira organizada, mostrando ao grande público, que a cidade tem muito mais do que a Praça Tiradentes e belíssimas igrejas e museus. Em 2021, por exemplo, o distrito de Lavras Novas recebeu o título de um dos destinos mais acolhedores do Brasil pela plataforma do booking.com. 

Tal qual o Papa Bento XVI concluiu sobre os ensinamentos de São Bartolomeu: "Para concluir, podemos dizer que a figura de São Bartolomeu, mesmo sendo escassas as informações acerca dele, permanece, contudo, diante de nós para nos dizer que a adesão a Jesus pode ser vivida e testemunhada também sem cumprir obras sensacionais. Extraordinário é e permanece o próprio Jesus, ao qual cada um de nós está chamado a consagrar a própria vida e a própria morte". O distrito que carrega o nome do santo leva consigo a capacidade de emocionar, sem a necessidade de obras sensacionais, mas que reproduzem a simplicidade e leveza que tanto nos fizeram falta neste último ano, e que aprendemos a dar mais valor. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade