Continue lendo os seus conteúdos favoritos.

Assine o Estado de Minas.

price

Estado de Minas

de R$ 9,90 por apenas

R$ 1,90

nos 2 primeiros meses

Utilizamos tecnologia e segurança do Google para fazer a assinatura.

Assine agora o Estado de Minas por R$ 9,90/mês. ASSINE AGORA >>

Publicidade

Estado de Minas EM DIA COM A POLÍTICA

As urnas eletrônicas são invulneráveis, segundo novo teste do TSE

Enquanto isso, últimas pesquisas confirmam a liderança de Lula na corrida pelo Palácio do Planalto


14/05/2022 04:00 - atualizado 14/05/2022 07:27

Ministro Edson Fachin
Ministro Edson Fachin voltou a mandar recados indiretos a Bolsonaro (foto: EVARISTO SÁ/AFP)

 

O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) concluiu, ontem, a última rodada de testes públicos de segurança nas urnas eletrônicas que serão usadas nas eleições de outubro. De acordo com o TSE, os investigadores não conseguiram alterar nenhum voto, mudar o resultado da urna ou muito menos fraudar o processo eleitoral.

 

E olha que a informação foi em plena sexta-feira, 13, mas não vai dar azar. Nem por superstição, lendas sobre a data ainda persistem.

 

O que não é lenda é a declaração do presidente do TSE durante o 24º Congresso Brasileiro de Magistrados, em Salvador. O presidente do TSE, ministro Edson Fachin, afirmou que a desinformação e a violência no Brasil não são “um fantasma”, mas “ato evidente”.

 

Seguindo uma tendência semelhante à de outros levantamentos recentes, a nova pesquisa Genial/Quaest mostrou exatamente o que a campanha do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro (PL), quer evitar: que a alta consistente registrada nos últimos meses pare por aí e leve o presidente a estacionar na preferência do eleitor. Seria um cenário das piores notícias possíveis para um presidente, já que ela mostrava que Bolsonaro parou de crescer.

 

A confirmação veio com a pesquisa XP/Ipespe, que aponta que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) se mantém na frente, com 44% das intenções de voto. Ele é seguido por Bolsonaro.

 

Aos números: Bolsonaro atinge 32%. Em seguida, vem Ciro Gomes (PDT), com 8%. Os percentuais são da pesquisa estimulada, na qual os participantes são apresentados a uma lista de candidatos.

 

O ex-governador de São Paulo João Doria (PSDB) figura no quarto lugar, com 3% das intenções, seguido de André Janones (Avante), com 2%, e Simone Tebet, do MDB, a única mulher, com 1%. Já Felipe D'Ávila (Novo), Luciano Bivar (União Brasil), Vera Lucia (PSTU) e Eymael (Democracia Cristã) não pontuaram.

 

Em eventual segundo turno, pouca coisa muda. Lula vence com 54% dos votos em um cenário contra Jair Messias Bolsonaro, que teria 35% dos votos. O detalhe é que Ciro Gomes também derrotaria Bolsonaro no segundo turno, de acordo com o estudo, com 43% contra 40% de Bolsonaro. Nesse caso, fica difícil apontar o vencedor, já que os 3% estão na margem de erro.

 

 

Ar-condicionado

Em indireta a ministros do Supremo Tribunal Federal (STF), o presidente Jair Messias Bolsonaro (PL) citou pessoas que estariam “roubando a liberdade de expressão”. “Hoje, não é diferente. Nós, pessoas de bem, civis e militares, precisamos de todos para garantir a nossa liberdade. Porque os marginais do passado hoje usam de outras armas, também em gabinetes, com ar-condicionado, visando roubar a nossa liberdade.”

 

Forças Armadas?

Calma que tem mais: “E começam roubando a nossa liberdade de expressão, começam fustigando as pessoas de bem, fazendo com que elas desistam do seu propósito. Nós, Forças Armadas, nós, forças auxiliares, não deixaremos que isso aconteça. Nós defendemos a nossa Constituição, a nossa democracia e a nossa liberdade. Esse exército de pessoas de bem, civis e militares, deve se unir para evitar que roubem a nossa liberdade”, bradou ainda o presidente.

 

Eleição amanhã

Uma notícia importantíssima: o município de Angélica, no Mato Grosso do Sul (MS), elegerá amanhã os ocupantes dos cargos de prefeito e vice-prefeito. A expectativa é que cerca de 8,6 mil pessoas participem da eleição nas 29 seções eleitorais. A eleição terá início às 7h e se encerrará às 17h. Quatro candidatos concorrem à prefeitura. Quem tem exercido é Almir Fagundes, presidente da Câmara Municipal de Angélica.

 

Honestidade

“Temos que restabelecer o mínimo de honestidade intelectual, o mínimo de honestidade aos fatos. O filme da democracia brasileira é bom. Às vezes, a fotografia é assustadora, mas o filme é bom. Eu tive cuidado de não dizer nada polêmico aqui porque os tempos não estão para polêmica.” As declarações partiram do ministro Luís Roberto Barroso, do Supremo Tribunal Federal (STF). No evento de que participou, o ministro ainda afirmou que “o filme da democracia brasileira é bom”, mas disse também que evitaria entrar em polêmicas.

 

José Luiz Datena
José Luiz Datena (PSC) será candidato ao Senado por São Paulo (foto: INSTAGRAM/REPRODUÇÃO )

 

Agora vai?

O apresentador de TV José Luiz Datena (PSC) confirmou que será candidato ao Senado por São Paulo, com o apoio do presidente Jair Messias Bolsonaro (PL). Confirmação foi feita depois de almoço do presidente com aliados políticos na casa do ex-presidente da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) Paulo Skaf. Ele foi questionado pelos jornalistas se manterá a candidatura e a entrada na política até o fim, depois de inúmeras desistências. “Qual a dúvida? Muita gente já desistiu de muita coisa e depois não desistiu. Desta vez, vou”, disse Datena.

 

 

PINGA FOGO

 

  • Em tempo, sobre a nota ‘Eleição amanhã’: os eleitos ficarão até 31 de dezembro de 2024. O motivo é que, em campanha pela prefeitura, em 2020, João Cassuci (PDT) foi sentenciado por desvio de dinheiro do Programa Nacional de Agricultura Familiar (Pronaf).

  • O ministro do Supremo Tribunal Federal (foto) (STF) André Mendonça suspendeu as políticas estaduais sobre o ICMS que incide no óleo diesel. A lei atual define alíquota única, mas o governo argumentou que estados têm praticado valores diferentes.
     
  • A decisão cautelar atende a um pedido da Advocacia-Geral da União protocolado já na quinta-feira à noite. Para o ministro André Mendonça, a suspensão é necessária para se tentar construir um consenso sobre o tema, já que abriu uma disputa entre a União e os governos estaduais.
     
  • Ventos com força de furacão atingiram o meio-oeste dos Estados Unidos da América (EUA) na noite de quinta-feira, com nuvens de poeira em cidades e localidades rurais, causando danos materiais generalizados e matando pelo menos duas pessoas.
     
  • Se tem um furacão, melhor escapar rapidinho. Sendo assim, é hora do já manjado… FIM! 

 

 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade