Publicidade

Estado de Minas EXPERIÊNCIA

Rota do Vulcão é novo atrativo para amantes do ciclismo em Minas

Cicloturismo em Região Vulcânica traz Experiência Inédita no Mundo


28/09/2021 22:01 - atualizado 28/09/2021 22:14

O diferencial são as paisagens e atrativos naturais marcam a Rota do Vulcão
O diferencial são as paisagens e atrativos naturais marcam a Rota do Vulcão (foto: Associação de Ciclistas de Poços de Caldas)
Entre mirantes, cachoeiras e diversas plantações e fazendas, principalmente de café, está situada a Rota do Vulcão, primeira e única rota cicloturística do mundo ao redor de uma caldeira vulcânica. Inaugurado no último sábado (25/9), o trajeto tem 350 km, formados por 12 caminhos que percorrem 13 municípios de Minas e São Paulo.


O trajeto está localizado no planalto de Poços de Caldas, no Sul de Minas, de formação rochosa vulcânica, surgida há aproximadamente 80 milhões de anos. Isso proporciona ao cliclista uma série de desafios, com muitas montanhas, a uma altitude que ultrapassa os mil metros.

O presidente da Associação dos Ciclistas de Poços de Caldas, Arison Siqueira, diz que a rota surgiu de forma a criar mais um atrativo de cicloturismo para o Brasil. “Após várias viagens que fiz em vários outros cicloturismos, percebi que nossa região tinha potencial para uma rota de cicloviagem, com tudo para dar certo e ter sucesso” destaca Arison.


O diferencial são as paisagens e atrativos naturais marcam a Rota do Vulcão
O diferencial são as paisagens e atrativos naturais marcam a Rota do Vulcão (foto: Associação de Ciclistas de Poços de Caldas)
A partida e chegada oficiais são em Poços de Caldas, mas os cliclistas também tem a opção de saída em qualquer cidade da rota. Todo o trajeto é novo, porém, alguns trechos se encontram com outras rotas já existentes e conhecidas, como o Caminho da Fé, que vai até o Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida.

O percurso, feito na maior parte em estrada de terra, demora entre quatro e oito dias para ser concluído, podendo assim, curtir tranquilamente os atrativos naturais que a Rota oferece.


Durante o passeio, os cliclistas poderão se localizar por meio de placas, como também pelo aplicativo oficial, sendo o mais indicado pela organização para se guiarem.

O Objetivo é transformar Poços de Caldas, na capital mundial do ciclismo
O Objetivo é transformar Poços de Caldas, na capital mundial do ciclismo (foto: Associação de Ciclistas de Poços de Caldas)

Há também pontos para hidratação e para descansar, com opções de hotéis e pousadas. Em breve os organizadores devem fazer mapeamento mais detalhado destes locais. Segundo a organização o cliclista que finalizar a Rota do Vulcão poderá solicitar certificado de conclusão, que será cobrado. O valor arrecadado será investido para a manutenção e permanência do trajeto.

 
Mais informações da rota podem ser encontradas no site oficial  rotadovulcao.com.br.  

Mapa da Rota
Mapa da Rota (foto: Associação de Ciclistas de Poços de Caldas)


 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade