Publicidade

Estado de Minas COVID-19

Companhia de cruzeiros estende pausa voluntária até 31 de julho

A paralisação está ligada à incerteza da reabertura de portos aos navios de cruzeiros devido ao coronavírus


postado em 29/05/2020 19:01 / atualizado em 01/06/2020 12:38

(foto: Costa Cruzeiros / Divulgação)
(foto: Costa Cruzeiros / Divulgação)

A companhia marítima italiana Costa Cruzeiros estendeu sua pausa voluntária até o dia 31 de julho deste ano. Segundo a empresa, a decisão está ligada à incerteza de uma abertura gradual dos portos aos navios de cruzeiros.

Devido à pandemia de coronavírus, restrições ainda podem entrar em vigor para a circulação de pessoas.

As agências e clientes afetados poderão utilizar o valor pago como crédito até o dia 31 de março de 2021 para agendar um novo cruzeiro com embarque até 30 de novembro de 2021.

Além disso, como compensação pela paralisação, receberão um crédito que pode ser usado a bordo no valor de; R$ 400 por cabine para cruzeiros de 1 a 5 noites; R$ 800 por cabine para cruzeiros de 6 a 9 noites; e R$ 1.200 por cabine para cruzeiros acima de 10 noites.

* Estagiário sob a supervisão da editora Teresa Caram

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade