Publicidade

Estado de Minas ESPECIAL BELÉM DO PARÁ

Na terra do açaí, Belém do Pará é uma explosão de sabores da Amazônia

A diversidade gatronômica da capital paraense provoca sensações únicas na ponta da língua. O estado do Pará é o maior produtor de açaí e cacau do Brasil


postado em 01/10/2019 04:00 / atualizado em 04/10/2019 16:45

Já apreciou uma deliciosa taça de açaí? Quando for ao Pará, terra produtora do delicioso fruto sensação no Brasil, esqueça a tradicional forma de degustá-lo. De sobremesa com ares de sorvete, o açaí paraense entra para compor o prato principal. Para muitos, um teste que desafia o paladar dos desavisados. E não é somente o fruto de cor vinho que provoca uma explosão sensorial na ponta da língua. Apreciar um pato ao tucupi ou tomar uma caipirinha de jambu é ter, na boca, uma deliciosa sensação de formigamento provocada por uma anestesia temporária vinda dos alimentos típicos da região da Amazônia. Vai visitar Belém do Pará na época do Círio de Nazaré? Veja a seguir, um roteiro em Belém do Pará  onde é possível degustar sabores únicos no país.
 

Point do Açaí

 
Esqueça a granola, banana e leite em pó. No Pará, o açaí entra como prato principal. Quem arrisca um torresmo com a fruta paraense?(foto: Point do Açaí/Divulgação)
Esqueça a granola, banana e leite em pó. No Pará, o açaí entra como prato principal. Quem arrisca um torresmo com a fruta paraense? (foto: Point do Açaí/Divulgação)
 

A culinária paraense está muitíssimo bem representada na cozinha do Point do Açaí. Para os filhos da terra, a garantia de comer à maneira herdada de seus antepassados. Aos turistas, a certeza de conhecer sabores regionais de uma forma diferente. No restaurante, o cliente passa pela experiência única, de processar seu próprio açaí para depois degustá-lo acompanhado de um saboroso prato típico, que pode ser um peixe frito, como o filhote, pirarucu, tambaqui, além do camarão, caranguejo ou carne de sol. É o Pará levado à mesa.
 

 
Amazon Beer

(foto: Amazon Beer/Divulgação)
(foto: Amazon Beer/Divulgação)

Inaugurada em 2000, na Estação das Docas, a Amazon Beer é a única cervejaria 100% artesanal do Pará. Produzida em tonéis de cobre, a cerveja não recebe conservantes nem aditivos químicos, somente água, lúpulo, fermento e malte – fórmula que segue rigorosamente a Lei da Bavária, de 1516. Lá são produzidos seis tipos de cervejas, que atendem aos mais variados gostos e estilos. Cada uma delas com sabor próprio, mas todas com um prazer muito especial. Todos são ingredientes tradicionais da Amazônia. Frutas como o açaí, o taperebá e o bacuri, raízes como a priprioca e sementes como o cumaruwww.estacaodasdocas.com.br/pagina/lojas/
 


 
Famiglia Sicilia

(foto: Famiglia Siciliaí/Divulgação)
(foto: Famiglia Siciliaí/Divulgação)
 


O tradicional restaurante italiano Famiglia Sicilia, em Belém, no Pará, é casamento perfeito que une as melhores massas aos temperos paraenses. Ele é o único representante da Associação dos Restaurantes da Boa Lembrança na capital paraense. A apresentação do Famiglia Sicilia em suas redes sociais nos faz ter a certeza de uma visita ao local. Para eles,  "a alma é parte indissociável do corpo e entendemos que ‘alimentar pessoas’ não pode limitar-se ao plano físico tão somente. Por essa razão, nossa missão é alimentar física e emocionalmente todas as pessoas, por meio de alimento e entretenimento saudáveis, gerando prosperidade a todos. Nossa filosofia nos garante o privilégio de transcender a refeição, bem como proporcionar e envolver nossos clientes em um ambiente de celebrações e comemorações diárias. Acreditamos na felicidade que nutre o corpo e alimenta a alma”.
 

 Remanso do Bosque

 
(foto: Thiago Castanho/Facebook)
(foto: Thiago Castanho/Facebook)
 
Na lista dos 50 melhores restaurantes da América Latina, a cozinha inventiva sob o comando dos irmãos Thiago e Felipe Castanho é a versão contemporânea dos sabores paraenses. No cardápio, o premiado chef "televisivo" apresenta aos clientes uma reinvenção da culinária do Pará. A apresentação e a combinação de sabores fazem a diferença. São os mesmos: o tucupi, o filhote, a pescada amarela, as diversas variações da farinha de mandioca, o queijo de búfala de Marajó, os chocolates locais, como o de Dona Nena, da Ilha do Combu. Experimente o saboroso açaí “bun”(a versão do pão no vapor chinês). Trata-se de pão de açaí no vapor, peixe empanado na farinha d’água, maionese com temperos regionais e pimenta agridoce.
 
 
 


Publicidade