Publicidade

Estado de Minas

Um tour pelos novos destinos e os eternamente lembrados de La Casa de Papel

Nesta terceira temporada, surgiram outros personagens e codinomes. Eles chegam para esquentar a trama de ficção. Os que já se foram, como Berlim Oslo e Moscou reaparecem na terceira parte da série espanhola


postado em 30/07/2019 17:02 / atualizado em 31/07/2019 08:03

Cincinnati, Estados Unidos

(foto: Robert Conklin/Unsplash)
(foto: Robert Conklin/Unsplash)
 

O personagem caçula de La Casa de Papel foi batizado como Cincinnati. A cidade fica no estado americano de Ohio e inclusive é banhada pelo Rio Ohio, que a separa do estado de Kentucky. Ela é também conhecida como a Queen City (Cidade Rainha) ou simplesmente “Cincy”.

 
Bogotá, Colômbia

Na leva de novos personagens da terceira parte da série, a capital da Colômbia é um dos codinomes escolhidos. Vibrante e alegre, a cidade de Bogotá é um destino que conta com boas atrações e que fica bem pertinho do Brasil. Com 2640 metros de altitude, a cidade é a terceira capital mais alta do mundo! Além disso, a região abriga a segunda maior ciclovia da América Latina. Ou seja, é um lugar perfeito para quem curte pedalar.
 
 

Lisboa, Portugal

(foto: Carlos Altman/EM)
(foto: Carlos Altman/EM)


A ex-inspetora Raquel agora é parte do bando e é justamente a capital de Portugal que a representa. A cidade é linda e acolhedora, construída às margens do Rio Tejo, preserva seu lado histórico e apresenta o moderno de forma harmônica. As pessoas são simpáticas e por lá não faltam atividades para os turistas. Se, naturalmente, a cidade é apaixonante, imagine se você ficar num daqueles hotéis maravilhosos.
 

Marselha, França

(foto: Carlos Altman/EM)
(foto: Carlos Altman/EM)
 

A segunda maior cidade francesa também entrou para a lista de codinomes dos personagens na terceira temporada. Muito famosa pela sua história, seu porto, sua cultura e suas belezas, Marselha está localizada no Sul da França, na região da Provence. Banhada pelo mar mediterrâneo com seu azul-turquesa de tirar o fôlego, essa cidade é, com certeza, 
um dos destinos europeus mais belos do mundo. 
 

Palermo, Itália

A charmosa cidade italiana, da Ilha da Sicília, encerra a lista de codinomes de 
novos personagens apresentados recentemente em La Casa de Papel. Palermo é um importante centro cultural e histórico da Itália. Com cerca de 660 mil habitantes, a cidade recebe milhares de turistas, principalmente durante os meses mais quentes do verão, por conta de suas belas e exuberantes praias. 
 
 

Eternamente lembrados

Presença marcante ao longo das primeiras temporadas, Berlim, Moscou e Oslo, já mortos, foram personagens importantes na trama espanhola. São cidades mundialmente conhecidas que oferecem aos visitantes belezas únicas, boa gastronomia e muita diversão
 

Berlim

Stefan Wiua/Unsplash(foto: Robert Conklin/Unsplash)
Stefan Wiua/Unsplash (foto: Robert Conklin/Unsplash)
 

 

A capital alemã é uma cidade que oferece muito para fazer, não importa a época do ano – uma mistura de atrações para todos os gostos. O museu no Checkpoint Charlie, parte do antigo Muro de Berlim, assim como o movimentado Memorial do Holocausto, localizado perto do Portão de Brandemburgo, são programas imperdíveis para conhecer mais a fundo a história da cidade. Os amantes da cultura podem visitar a Ilha dos Museus, que abriga os Museus do Estado de Berlim e obras de arte de todo o mundo. O Charlottenburg Palace, localizado no coração de Berlim, tem uma galeria de ouro e uma coleção de porcelanas que falam muito sobre a história do país. A East Side Gallery é a mais longa seção sobrevivente do Muro de Berlim, onde mais de 100 artistas de mais de 20 países decoraram o trecho da muralha do interior com suas obras de arte. A Torre de Televisão de Berlim é o edifício mais alto da cidade, onde os visitantes podem desfrutar de um panorama único de 360 graus da cidade. Para quem quer curtir uma viagem mais agitada, o verão (junho a agosto) é a melhor época. Para quem gosta do friozinho, o outono (setembro a dezembro) tem temperaturas mais amenas e novembro costuma ser o mês em que as passagens para lá estão com os melhores preços médios. 

 

 
Moscou

(foto: Vladimir Yoreksov/Unsplash)
(foto: Vladimir Yoreksov/Unsplash)
 


Desde o ano passado, a capital da Rússia está em alta por conta do Mundial de futebol. Para aproveitar a cidade, um passeio pela Praça Vermelha é parada obrigatória e um dos pontos turísticos mais conhecidos da cidade. A área abriga construções importantes, como a Catedral de São Basílio, e faz parte da história do destino. Ao andar por Moscou é possível avistar alguns dos sete famosos arranha-céus conhecidos como As Sete Irmãs de Stalin, com uma arquitetura icônica, construídos para celebrar a vitória da União Soviética na Segunda Guerra. O Bairro Kitay-Gorod reúne bares, restaurantes e casas noturnas, indicado para viajantes que pretendem curtir a noite de Moscou. O Teatro Bolshoi, localizado no coração de Moscou, é um dos maiores teatros de ópera e balé da Rússia e do mundo, onde foram realizadas mais de 800 obras de óperas. O inverno na cidade (dezembro a março) é muito rigoroso. Já as temperaturas mais amenas tomam conta de junho até setembro, quando é possível curtir mais. Para aproveitar preços mais baixos, março é a melhor pedida.
 

Oslo

(foto: Cristopher Engstrom/Unsplash)
(foto: Cristopher Engstrom/Unsplash)
 

A capital da Noruega é um lugar cheio de energia, com uma gastronomia moderna, além de muita moda e arte. Prédios icônicos estão mudando o rosto da cidade, mas ela ainda mantém vínculos com a natureza. Não à toa foi nomeada Capital Verde da Europa de 2019 por sua dedicação à preservação de áreas naturais. Passeios pela floresta, mergulhos nos fiordes e concertos musicais fazem parte da energia da cidade. Todos os bairros de Oslo oferecem algo de especial e são facilmente acessíveis a pé, pelo sistema de transporte público ou de bicicleta. Durante o inverno, é possível buscar atividades como a patinação no gelo e o esqui. Oslomarka, a enorme floresta nas encostas das colinas que cercam a cidade, oferece uma imensa rede de trilhas públicas para o esqui cross-country. O Parque de Inverno de Oslo é o maior resort de esqui dentro da cidade e encontra-se a apenas 30 minutos do Centro, contando com pistas para crianças, iniciantes e esquiadores experientes. Entre maio e setembro as temperaturas são mais amenas, o que garante uma viagem mais tranquila. Para economizar, o melhor mês é março, quando as passagens aéreas para lá estão mais baratas. 
 
 

Seguro-viagem

Lembre-se de que ao viajar para a Europa é preciso contratar um seguro-viagem. Ele é obrigatório para dar entrada em todos os países que fazem parte do Tratado de Schengen. O acordo estabelece que a cobertura mínima seja de 30 mil  euros e serve para garantir que os visitantes poderão arcar com possíveis acidentes pessoais que possam ocorrer durante a viagem. Uma das vantagens de contratar com o Seguros Promo é a possibilidade de comparar planos de seguros diferentes. Dessa forma, você garante o melhor valor e a melhor cobertura para sua viagem. A empresa faz parte do grupo Belvitur, com mais de 53 anos de atuação no setor de viagens de lazer e viagens empresariais.   
 
 

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade