Publicidade

Estado de Minas ARQUIBANCADAS VAZIAS

Olimpíada Tóquio 2020: por que Japão vai manter estado de emergência durante os Jogos

Tóquio se prepara para um estado de emergência em resposta a um surto de covid-19


08/07/2021 11:11 - atualizado 08/07/2021 12:22

Os Jogos Olímpicos no Japão serão realizados sem espectadores devido ao aumento dos casos de coronavírus.

A ministra das Olimpíadas, Tamayo Marukawa, fez o anúncio após discussões com autoridades e organizadores nesta quinta-feira (08/07).

Um estado de emergência em Tóquio estará em vigor durante os Jogos, para combater o coronavírus.

O primeiro-ministro, Yoshihide Suga, disse a repórteres que o estado emergencial funcionará de 12 de julho a 22 de agosto.

Bares e restaurantes não podem servir bebidas alcoólicas e devem fechar até as 20h.

As infecções por coronavírus estão aumentando em Tóquio, à medida que a cerimônia de abertura de 23 de julho se aproxima.

Tem havido ampla oposição aos Jogos no Japão, com apelos para que eles sejam adiados ou cancelados.

"Levando em consideração o efeito das variantes do coronavírus e para não permitir que as infecções se espalhem novamente para o restante do país, precisamos fortalecer nossas contra-medidas", disse o primeiro-ministro.

"Dada a situação, emitiremos um estado de emergência para Tóquio."

A chefe dos Jogos de Tóquio 2020, Seiko Hashimoto, disse: "Precisamos emitir uma mensagem que seja forte e fácil de entender para prevenir a propagação [do vírus]."

O estado de emergência foi anunciado após reunião entre o comitê organizador, o governo e o presidente do Comitê Olímpico Internacional (COI), Thomas Bach, que acaba de chegar ao Japão.

Os Jogos Olímpicos estão programados para acontecer na capital japonesa entre 23 de julho e 8 de agosto. Os Jogos Paralímpicos acontecem entre 24 de agosto e 5 de setembro.

O que está acontecendo com a covid no Japão?

Uma nova onda de infecções começou em abril, mas no geral o país teve um número relativamente baixo de casos e um número de mortes de cerca de 14,9 mil.

Na quarta-feira, foram 2.180 novos casos notificados no país. Cerca de 920 deles estavam em Tóquio, acima dos 714 da semana passada e o maior desde os 1.010 em 13 de maio.

A vacinação no Japão tem sido lenta e cerca de 15% das pessoas foram totalmente vacinadas. Há uma preocupação crescente com a ameaça da variante Delta.

Em Tóquio e Osaka, as duas cidades mais afetadas pelo aumento recente, as autoridades esperam que os maiores de 65 anos sejam totalmente vacinados até o final de julho.

A entrada de estrangeiros de 159 países no Japão está atualmente proibida.

Oposição

Há muita oposição aos Jogos, que já foram adiados por um ano por causa da covid-19 e sofreram contratempos, incluindo estouros de orçamento.

Uma pesquisa de junho no principal jornal do país, o Asahi Shimbun, sugeriu que mais de 80% da população queriam que os Jogos fossem cancelados ou adiados.

O diário também pedia o cancelamento do evento esportivo.

Os planos de haver lugares públicos para torcedores assistirem aos Jogos foram cancelados. Empresas não definiram ainda se vão manter a publicidade relacionada às Olimpíadas.

Já assistiu aos nossos novos vídeos no YouTube? Inscreva-se no nosso canal!


Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.


Quais os sintomas do coronavírus?

Desde a identificação do vírus Sars-CoV2, no começo de 2020, a lista de sintomas da COVID-19 sofreu várias alterações. Como o vírus se comporta de forma diferente de outros tipos de coronavírus, pessoas infectadas apresentam sintomas diferentes. E, durante o avanço da pesquisa da doença, muitas manifestações foram identificadas pelos cientistas. Confira a relação de sintomas de COVID-19 atualizada.

O que é a COVID-19?

A COVID-19 é uma doença provocada pelo vírus Sars-CoV2, com os primeiros casos registrados na China no fim de 2019, mas identificada como um novo tipo de coronavírus pela Organização Mundial da Saúde (OMS) em janeiro de 2020. Em 11 de março de 2020, a OMS declarou a COVID-19 como pandemia.


Veja vídeos explicativos sobre este e outros tema em nosso canal

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade