Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Atlético: Cuca defende Hyoran após falha e diz que 'não julga por um erro'

Meia perdeu a bola que originou no gol da vitória da Caldense


02/04/2021 13:03 - atualizado 02/04/2021 13:41

Hyoran entrou no segundo tempo da partida, no lugar de Zaracho(foto: (Foto: Pedro Souza/Atlético) )
Hyoran entrou no segundo tempo da partida, no lugar de Zaracho (foto: (Foto: Pedro Souza/Atlético) )

O técnico Cuca defendeu o meia Hyoran, que cometeu falha na derrota do Atlético por 2 a 1 para a Caldense, nessa quinta-feira, em partida válida pela sexta rodada do Campeonato Mineiro. O jogador perdeu a bola que originou o segundo gol da Veterana. Para o treinador, não se deve julgar o atleta por um erro.


“A gente não pode crucificar um jogador por um erro. É um jogador importante, um menino, precisa de apoio num momento difícil onde teve um erro. Agora ele tem que trabalhar mais ainda, se preparar mais ainda, para quando vier a oportunidade ele dar a volta por cima. Isso acontece, não é só com ele, acontece com muitos jogadores.”

Cuca também falou sobre o que planejava com a entrada de Hyoran no lugar de Zaracho. O meia foi acionado no lugar do argentino pouco depois do gol de empate da Veterana, mas não conseguiu ajudar o alvinegro a conquistar o resultado positivo.

“O Zaracho fez um jogo razoável no primeiro tempo. Como eles tinham dois volantes, a gente colocou um segundo meia, para o Hyoran jogar mais adiantado. Não era para vir aqui atrás defender. A ideia da entrada do Hyoran era para ser um articulador junto com o Nacho. Infelizmente perdemos uma bola e levamos o gol da virada.”

Hyoran foi bastante criticado pela torcida do Atlético na temporada passada. No entanto, nas rodadas finais do Campeonato Brasileiro, se tornou titular absoluto e foi importante na campanha do clube. Após as boas atuações, o Galo comprou seus direitos junto ao Palmeiras por cerca de R$ 7,5 milhões. Na atual temporada, o meia entrou em campo duas vezes, ambas saindo do banco. 

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade