Publicidade

Estado de Minas ATLÉTICO

Atlético: Victor ganha troféu por defesa de pênalti na Libertadores de 2013

Goleiro usou o pé esquerdo para rebater a cobrança do atacante Riascos no confronto com o Tijuana, do México, nas quartas de final


30/03/2021 07:59 - atualizado 30/03/2021 08:02

(foto: Reprodução/Instagram)
(foto: Reprodução/Instagram)
A Adidas homenageou Victor, ex-goleiro do Atlético, com um troféu em forma de chuteira alusivo à defesa do pênalti nas quartas de final da Copa Libertadores de 2013, contra o Tijuana, do México, no Independência. Aos 48 minutos do segundo tempo, o camisa 1 usou o pé esquerdo para rebater a cobrança do colombiano Riascos e garantiu o empate por 1 a 1 que classificou o Galo às semifinais.

“Um momento inesquecível, mágico e agora representado neste troféu! Com uma #predator vivi grande parte das maiores conquistas como goleiro do Galo! A Adidas esteve comigo, e com milhares de atleticanos ao redor do mundo, em muitos momentos de alegria e de vitórias!”, escreveu Victor no Instagram.

A chuteira dourada é uma réplica do material utilizado pelo goleiro durante quase nove anos de clube. Uma placa na parte frontal do pedestal traz a seguinte mensagem:

“30 de maio de 2013, 47’58” do 2º tempo. Um lance para a história. Um pé esquerdo eternizado. A canonização de um homem para se tornar SÃO VICTOR! Agradecimento da adidas a Victor Leandro Bagy pela parceria de sucesso, carreira e legado”.

Na Libertadores de 2013, Victor ainda brilhou nas disputas por pênaltis diante do Newell's Old Boys, da Argentina, nas semifinais, e Olimpia, do Paraguai, na final.

O herói do título continental foi campeão em outras seis oportunidades pelo Galo: estaduais de 2013, 2015, 2017 e 2020, Copa do Brasil de 2014 e Recopa Sul-Americana de 2014.

Depois de 424 jogos, o goleiro de 38 anos pendurou as luvas no início do Campeonato Mineiro de 2021 e se tornou gerente de futebol do Atlético.

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade