UAI
Publicidade

Estado de Minas TRANSPORTE EM MINAS

Com Bolsonaro, Zema tenta acelerar privatização da BR-381

Governador de Minas se reuniu com o presidente em Brasília. Além da concessão de trecho até o Espírito Santo, Zema falou sobre o Anel Rodoviário e o Metrô de BH


04/07/2022 17:56 - atualizado 04/07/2022 18:37

Zema cumprimenta Bolsonaro e sorri para fotos
Romeu Zema esteve com Jair Bolsonaro nesta segunda-feira (4/7) (foto: Redes Sociais/Reprodução)

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), esteve com o presidente Jair Bolsonaro (PL) em Brasília, nesta segunda-feira (4/7), e solicitou a concessão da BR-381, chamada de “Rodovia da Morte” em razão do número elevado de acidentes principalmente no trajeto de 665 quilômetros de Belo Horizonte à cidade de São Mateus, no Espírito Santo.

Questionado pelo Estado de Minas, o governo confirmou que o Zema acredita que "a repactuação do acordo de Mariana permitirá o andamento do projeto de privatização, fundamental para o desenvolvimento da região do Vale do Aço".

LEIA MAIS - Zema diz que acordo de Mariana sairá em 2022 e será investido na BR-381

No encontro com Bolsonaro, Zema também debateu possíveis interferências no Anel Rodoviário, sobretudo na descida do Betânia, assim como a importância da publicação do edital sobre o metrô de Belo Horizonte.

Além disso, o chefe do Executivo mineiro informou que tomará todas as providências para acertar os trâmites junto ao Ministério da Economia visando à adesão ao Regime de Recuperação Fiscal (RRF). O objetivo é renegociar a dívida de R$ 140 bilhões com a União.

Antes da reunião com Bolsonaro, Zema esteve com o ministro Marcos Montes, responsável pela pasta de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, e discutiu ações para melhoria do setor em Minas Gerais.

LEIA MAIS - BR-381: a saga que Bolsonaro não viu em visita a Minas


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade