UAI
Publicidade

Estado de Minas EM MACEIÓ

Vídeo: com Collor, Bolsonaro faz quarta 'motociata' no Nordeste em um mês

Presidente esteve em Maceió, Alagoas, onde o ex-presidente é pré-candidato ao governo. Durante a motociata, tanto Bolsonaro quanto Collor não usaram capacete.


28/06/2022 15:29 - atualizado 28/06/2022 17:20

Montagem: Bolsonaro em moto encapada com a bandeira do Brasil e Collor na garupa
Ao lado de Collor, Bolsonaro participa de motociata em Alagoas (foto: Redes Sociais/Reprodução)
O presidente Jair Bolsonaro (PL) participou, nesta terça-feira (28/6), de uma motociata pelas ruas de Maceió, Alagoas, ao lado do ex-presidente e senador Fernando Collor de Mello (PTB). 

Além de Collor, estava presente também o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP). O parlamentar não participou do comboio e seguiu direto para o evento oficial de Bolsonaro.

Collor é pré-candidato ao governo de Alagoas. Ele deve ser apoiado pelo presidente durante a campanha.

Durante a motociata, tanto Bolsonaro quanto Collor não usaram capacete. 

O senador optou por não pilotar uma moto e foi na garupa do veículo. Já Bolsonaro conduziu sua motocicleta, transportando também um segurança. Durante o trajeto, o chefe do Executivo parou duas vezes para falar com apoiadores.


Quarta motociata no Nordeste


Essa é a quarta vez que Bolsonaro participa de motociata no Nordeste neste mês. Como parte do roteiro no Nordeste, o presidente também fez uma motociata em Campina Grande (PA), na sexta-feira (24/8), Caruaru (PE) na quinta-feira (23/6) e no ínicio do mês esteve em Natal (RN).

De acordo com o Datafolha, divulgado na quinta-feira (23/6), o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) segue soberano no Nordeste, segunda região mais populosa do país, com 27% dos eleitores, onde derrota Bolsonaro por 58% a 19%.

Já o atual presidente mantém uma fortaleza no Centro-Oeste, região com 7% da população votante, onde tem 40%. No também populoso Sudeste, lar de 42% dos brasileiros, Lula tem 43% e Bolsonaro, 29%.

Bolsonaro vai melhor do que sua média entre os homens (36%, ante 44% de Lula) e entre aqueles que ganham mais: tem 44% no grupo com renda mensal de 5 a 10 mínimos e 47% entre os que ganham mais de 10 salários mínimos.
 
Esses dois segmentos, contudo, somam 11% da população.

No grupo de quem ganha até 2 salários mínimos e que compõe 52% da amostra populacional do Datafolha, Lula vence o presidente por 56% a 22%.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade