UAI
Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA

Crianças asmáticas correm mais riscos com a covid-19

Estudo mostra proporção de internações após infecção por coronavírus entre pessoas de 5 a 17 anos e que previamente haviam sido diagnosticadas como asmáticas


01/12/2021 08:37 - atualizado 01/12/2021 09:19

Criança usa bombinha contra asma
Criança usa bombinha contra asma (foto: Pixabay)


As crianças com asma são hospitalizadas com mais frequência do que as demais quando contraem covid-19, de acordo com um estudo realizado na Escócia, mas os casos são pouco frequentes e as mortes extremamente raras.

"As crianças asmáticas correm mais riscos de hospitalização por causa da covid-19 que aquelas que não têm asma", afirma o estudo desenvolvido a aprtir dos dados obtidos pela saúde pública na Escócia publicados na Lancet Respiratory Medicine.

- Leia: Ômicron, qual a previsão de novas vacinas

Os autores estudaram a proporção de internações após uma infecção por coronavírus entre pessoas de 5 a 17 anos e que previamente haviam sido diagnosticadas como asmáticas.

Ao comparar os números de internações hospitalares com as de não asmáticos foi constatado que as crianças com dificuldades respiratórias foram hospitalizadas com mais frequência.

A diferença é ainda maior quando se considera os casos mais graves, das crianças com asma que precisaram ser hospitalizadas ou que receberam tratamento médico.

Por este motivo, as crianças asmáticas deveriam ser prioritárias nas campanhas de vacinação contra a covid-19, segundo os autores.

De todas as formas, a hospitalização de crianças por causa da covid é algo raro: apenas 1,5% precisou de internação em um centro médico.

As mortes são tão raras que não é possível obter nenhuma conclusão estatística a respeito.

Leia mais sobre a COVID-19

Confira outras informações relevantes sobre a pandemia provocada pelo vírus Sars-CoV-2 no Brasil e no mundo. Textos, infográficos e vídeos falam sobre sintomasprevençãopesquisa vacinação.
 

Confira respostas a 15 dúvidas mais comuns

Guia rápido explica com o que se sabe até agora sobre temas como risco de infecção após a vacinação, eficácia dos imunizantes, efeitos colaterais e o pós-vacina. Depois de vacinado, preciso continuar a usar máscara? Posso pegar COVID-19 mesmo após receber as duas doses da vacina? Posso beber após vacinar? Confira esta e outras perguntas e respostas sobre a COVID-19.

Acesse nosso canal e veja vídeos explicativos sobre COVID-19



receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade