UAI
Publicidade

Estado de Minas AJUDA HUMANITÁRIA

MG: Servas ainda recebe água e alimentos para os atingidos pelas chuvas

Órgão dará prioridade para recolher água potável, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal, colchões e cobertores


19/01/2022 21:53 - atualizado 19/01/2022 21:53

Alagamento em Betim
Doações continuarão por todo o estado para vítimas das chuvas (foto: Leandro Couri/EM/D.A Press)
O Serviço Social Autônomo (Servas) paralisou nesta quarta-feira (19/1) a arrecadação de roupas destinadas aos atingidos pelas fortes chuvas que castigaram as cidades de Minas Gerais nas últimas semanas. O órgão dará prioridade para recolher água potável, alimentos não perecíveis, material de higiene pessoal, colchões e cobertores.
 
As doações podem ser entregues diretamente na sede do Servas, na Avenida Cristóvão Colombo, 683, no Bairro Funcionários, em Belo Horizonte, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Neste momento, a doação de roupas está suspensa devido ao grande número de material recebido nos últimos dias. 

Os donativos também podem ser entregues na rede de supermercados Verdemar, no BH Shopping, Shopping Diamond Mall e Shopping Pátio Savassi, em todos os batalhões, quartéis e bases comunitárias de Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Delegacias de Polícia Civil de Minas Gerais e em pontos de coleta da Cemig. 

A Secretaria de Estado de Desenvolvimento Social (Sedese), a Coordenadoria Estadual de Defesa Civil de Minas Gerais (Cedec) e as forças de segurança ficaram responsáveis por recolher o material e prestar ajuda humanitária aos afetados.

Serviço Social Autônomo
CNPJ: 17.385.840/0001-12
Caixa: Ag. 1667 / CC: 3529-1
Pix: +5531991630836

Campanha da sociedade civil 

Outra campanha está sendo articulada por instituições da socidade civil para ajudar os desabrigados das chuvas. Entre 24 e 30 de janeiro, donativos serão recolhidos nas 19 estações do metrô de Belo Horizonte, com preferência para alimentos não perecíveis, água potável, roupas, cobertores, material de higiene pessoal e limpeza para serem levados às vítimas das chuvas em 145 municípios mineiros.
 
A ação tem a participação da Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU), do Sindicato dos metroviários de Minas Gerais (Sindimetro-MG), do Fórum de Diálogo Índia-Brasil-África do Sul (IBAS) e da  Associação Brasileira das Forças Internacionais de Paz (ABFIP).
 
Toda categoria metroferroviária está orientada a receber os donativos, que serão acondicionados e posteriormente, transportados até os municípios .


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade