UAI
Publicidade

Estado de Minas CRATERA

Obras na Avenida Cristiano Machado, em BH, devem seguir até o fim de semana

Prefeitura conseguiu resolver os rompimentos na rede de drenagem e começou a fechar o buraco, mas fim das intervenções dependem das condições climáticas


19/01/2022 20:36 - atualizado 19/01/2022 20:36

Cratera na Cristiano Machado
Prefeitura começou as intervenções na semana passada (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
Mesmo depois de quase uma semana de obras, motoristas e pedestres ainda enfrentam transtornos ao passar pela Avenida Cristiano Machado, na entrada no túnel da Lagoinha, na Região Leste de Belo Horizonte. Uma enorme cratera se formou no local e causou a interdição das vias, liberando apenas a pista de ônibus para o tráfego de veículos.
 
A prefeitura conseguiu resolver os rompimentos na rede de drenagem e começou a fechar o buraco, mas as obras não têm previsão de término, dependendo das condições climáticas. A intervenção começou na última sexta-feira em virtude de rompimentos de pontos da rede de drenagem mais antiga e também numa adutora da Copasa. 
 
Equipes da Superintendência de Desenvolvimento da Capital (Sudecap) utilizaram escavadeiras para reparar a rede de drenagens. Por causa da obra, 14 bairros e dois hospitais tiveram o abastecimento de água interrompidos na segunda-feira, mas o fornecimento foi restabelecido pela Copasa. 

“A prioridade do trabalho é manter a segurança dos trabalhadores, restabelecer o abastecimento de água para os bairros vizinhos (por parte da Copasa), recuperar da drenagem existente no local e, por fim, o fechamento da erosão, a fim de restabelecer a mobilidade na Av. Cristiano Machado. A previsão é que os trabalhos por parte da Sudecap estejam concluídos até sexta-feira, a depender das condições climáticas", disse a PBH, em nota. 

Desde então, a BHTrans recomendou aos motoristas que, se possível, utilizassem rotas alternativas. Alguns desvios sugeridos são pela Avenida Antônio Carlos, pela Via 710 para acessar a região hospitalar  e Avenida dos Andradas; pela Avenida Bernardo Vasconcelos para acessar a Avenida Antônio Carlos; ou Utilizar a Avenida Silviano Brandão para acessar Avenida do Contorno e região hospitalar.

Sem relação  

Segundo a prefeitura de BH, a cratera não tem relação com as chuvas que causaram alagamentos e tiraram a vida de uma pessoa em 2022. A capital conta com sistema de monitoramento hidrológico para subisidiar ações de alerta e enfrentamento do risco de inundações e outros acidentes urbanos.

A PBH esclarece ainda que não houve necessidade de grandes obras em virtude das chuvas no ano. Até agora, foram feitos pequenos reparos em vias ou avenidas. “Em relação às chuvas ocorridas neste de Janeiro de 2022, a Sudecap esclarece que os problemas têm sido resolvidos pontualmente, por meios dos contratos de manutenção já existentes.  Após o período chuvoso, a Prefeitura fará uma força-tarefa para executar as obras de tapa-buraco e recapeamento em toda a cidade”, diz a prefeitura.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade