UAI
Publicidade

Estado de Minas ESTRADAS

Sobe para 120 o número de rodovias interditadas em MG por causa das chuvas

Diante das inundações, quedas de barreiras e deslizamentos de terra, as autoridades pedem que os motoristas só usem as rodovias em caso de extrema necessidade


11/01/2022 20:33 - atualizado 11/01/2022 21:28

BR-262 interrompida
A BR-262, que liga Minas Gerais ao Espírito Santo, está interrompida (foto: PRF)
De 6h desta terça-feira (11/1) até as 18h, aumentou de 112 para 120 o número de rodovias federais e estaduais com algum tipo de bloqueio devido a ocorrências durante as chuvas, segundo o Comando de Policiamento Rodoviário (CPRv), da Polícia Militar (PM), em conjunto com a Polícia Rodoviária Estadual (PRF). São 88 interrupções parciais de 32 totais.

 

A PRF destaca alguns dos locais que exigem atenção hoje. Em São Joaquim de Bicas, o km 506 da BR-381 tem duas faixas liberadas no sentido São Paulo e uma no sentido BH. 

Em Brumadinho, a pista cedeu, interditando o trânsito no sentido São Paulo – Belo Horizonte no km 527 da BR-381. Assim, o fluxo de veículos em ambos os sentidos foi transferido para a pista Sul. 


No km 447 da BR-262, município de Nova Serrana, a pista está cedendo. “A drenagem foi desobstruída, mas a erosão se aproximou da via”, conforme a polícia. 

 

Na mesma rodovia, mas no km 562, em Córrego Danta, a erosão interditou todo o trecho. Não há previsão para liberação. A Polícia Rodoviária Federal também atualizou as rodovias com trânsito liberado. 

  

A BR-381 ficou fechada no km 418 em Caeté, na Região Metropolitana, de 18h50 até 21h30 desta terça-feira (11/1), quando duas faixas da via foram liberadas para o tráfego. Um caminhão tanque que transportava gasolina e diesel pegou fogo. As chamas atingiram apenas a cabine do veículo. O compartimento de carga permaneceu intacto. Não há vítimas, de acordo com o Corpo de Bombeiros. A empresa responsável fará a retirada do tanque e da cabine.

 

Os militares estão no trecho combatendo as chamas e fazendo o resfriamento externo do tanque para evitar que o fogo se propague. 

 

Vale lembrar que, diante dos perigos de inundações, quedas de barreiras e deslizamentos de terra, as autoridades de trânsito pedem que os motoristas só utilizem as rodovias de Minas Gerais em caso de extrema necessidade.



 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade