UAI
Publicidade

Estado de Minas CLIMA

BH: temperatura cai mais de 12ºC e termômetros não devem subir nesta sexta

O céu encoberto fez com que as temperaturas não atingissem valores superiores aos 20ºC na capital nesta quinta (11/11); ontem, a Pampulha registrou 29,2ºC


11/11/2021 17:52 - atualizado 11/11/2021 18:45

Tempo chuvoso em BH
O tempo encoberto foi o grande fator que contribuiu para o frio (foto: Leandro Couri/EM/D.A. Press.)

 

O frio surpreendeu os belorizontinos nesta quinta-feira (11/11). A queda brusca de temperatura - de 29,2ºC, registrada ontem, para 16,9ºC, e o tempo chuvoso fizeram com que os termômetros não atingissem valores superiores aos 20ºC. O tempo encoberto foi o grande fator que contribuiu para o frio, e a meteorologia já adianta: amanhã (12/11) será igual.


A partir da madrugada de hoje, a mínima de BH foi de 16,9°C na estação meteorológica do Cercadinho. E, durante o dia, a temperatura não passou dos 20ºC na capital.  A manhã começou com chuva constante em Belo Horizonte , o que resultou em alguns transtornos, como trânsito lento e a queda de uma árvore em um cruzamento.

 

 

 

O dia não teve nenhum momento de céu azul e a meteorologista do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) Anete Fernandes explica que, dessa forma, a radiação solar não chega à superfície.

 

“Em um tempo nublado, acontecem alguns momentos de abertura, e é possível ver o céu e sentir um pouco de calor. Já em um tempo encoberto, é diferente. A cobertura de nuvem sobre Belo Horizonte não permitiu que a temperatura aumentasse muito.”

 

Um exemplo é que em Montalvânia registrou a maior temperatura do estado. “O tempo estava nublado lá, mas tiveram momentos de abertura, o que permitiu que a temperatura subisse”, ressalta Anete Fernandes. 

 

A especialista alerta que amanhã (12/11) e sábado (13/11) esse clima ainda persiste em BH, e os termômetros não devem subir. "Amanhã será como hoje. O clima ainda será bem fechado, e só a partir de domingo que a temperatura começa a elevar”. 

 

O Inmet aponta máxima de 20°C amanhã e no sábado em Belo Horizonte. No domingo (14/11), a máxima pode chegar a 24ºC.

 

Bairros de BH registram até 69% da chuva esperada para todo o mês

Já choveu 69% do esperado para novembro na Região do Bairreiro nos 11 primeiros dias do mês . A média climatológica de novembro é 239,8 mm. Até o momento, a regional acumula 173,4. A informação foi divulgada pela Defesa Civil de Belo Horizonte na tarde desta quinta-feira (11/11).

 

Em Belo Horizonte, de acordo com a série histórica de dados do Inmet, o mês de novembro mais chuvoso ocorreu em 1981, com total de chuva de 528,9mm, e o mais seco foi em 1967, com apenas 27,2mm de precipitação. 

 

A meteorologista do Inmet, Anete Fernandes, explica o porquê do  clima chuvoso em todo o estado: “Uma grande quantidade de umidade está vindo para Minas, e isso contribui para o aumento das áreas de instabilidade, o que provoca volumes maiores de chuva”.  

 

Leia também:  Defesa Civil alerta para risco de deslizamentos e alagamentos em BH  

 

Confira o acumulado de chuvas (mm) em novembro até 17h35 do dia 11, segundo a Defesa Civil de Belo Horizonte:

 

 

  • Barreiro: 173,4 (72%)
  • Centro Sul: 148,0 (62%)
  • Leste: 170,4 (71%)
  • Nordeste: 152,0 (63%)
  • Noroeste: 143,4 (60%)
  • Norte: 115,6 (48%)
  • Oeste: 163,0 (68%)
  • Pampulha: 161,6 (67%)
  • Venda Nova: 141,0 (59%)

 

 

Alerta

 

De acordo com a Defesa Civil de Belo Horizonte , há possibilidade de pancadas fortes, com raios e rajadas de vento de até 50 km/h, até o início da manhã desta sexta-feira (12/11), na capital mineira. 

 

Leia também:  Defesa Civil sobre chuvas em BH: 'Riscos geológicos estão dentro das casas' 

 

Recomendações para evitar possíveis problemas:

 

  • Redobre a sua atenção! Evite áreas de inundação e não trafegue em ruas sujeitas a alagamentos ou perto de córregos e ribeirões nos momentos de forte chuva.
  • Não atravesse ruas alagadas nem deixe crianças brincando nas enxurradas e próximo a córregos.
  • Não se abrigue nem estacione veículos debaixo de árvores.
  • Atenção especial para áreas de encostas e morros. 
  • Nunca se aproxime de cabos elétricos rompidos. Ligue imediatamente para CEMIG (116) ou Defesa Civil (199). 

 

* Estagiárias sob supervisão da subeditora Ellen Cristie.  


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade