UAI
Publicidade

Estado de Minas BALADA SEGURA

Patos de Minas: boate libera entrada para incentivar vacinação contra COVID

Nas redes sociais, casa noturna LGBTQIA+ informou que negacionistas não são bem-vindos; cidade liberou lotação de até 80% em boates, cinemas, teatros e festas


15/10/2021 15:56 - atualizado 15/10/2021 16:27


Fachada da boate Queen Lounge, em Patos de Minas
Protocolos sanitários, como distanciamento de 1,5 metros e uso de máscara são obrigatórios para frequentar a boate (foto: Reprodução)

O decreto que determinou a liberação de até 80% de lotação em boates de Patos de Minas, no Alto Paranaíba, vai, ainda que indiretamente, melhorar os índices de vacinação na cidade. 

É que na última quinta-feira (14/10), a única boate LGBTQIA%2b de Patos de Minas, a Queen Lounge, resolveu incentivar a vacinação e ofereceu entrada gratuita para quem apresentasse o cartão de vacina ou o certificado nacional, emitido pelo Ministério da Saúde. Até às 23h, todos aqueles que se vacinaram contra a COVID-19 entraram sem pagar nada. Foram mais de 150 beneficiados.

A direção da Queen Lounge chegou a cogitar exigir o passaporte sanitário mas, como não há regulamentação pelos governos estadual e municipal, os proprietários não conseguiram impor a vacinação como requisito para a entrada. Nas redes sociais, a casa noturna postou “negacionistas da vacina não serão bem-vindos”. 
 
Um dos sócios da casa, Iuri Nunes disse que pretende repetir a promoção. “Teve uma aceitação maravilhosa e a gente pretende fazer mais vezes. Somos favoráveis ao passaporte sanitário e enquanto ele não vem, vamos dar nossa contribuição”.

A Queen Lounge, funciona desde setembro de 2019, mas no final de março de 2020 teve que fechar as portas por causa da pandemia. Em outubro de 2020, a boate se transformou em bar e voltou a receber o público ,mas voltou a fechar em janeiro deste ano. 

Somente em junho, com a queda das infecções e das mortes, a Queen voltou a abrir as portas, ainda como bar. O retorno da boate ocorreu no sábado (9/10). Uma grande fila se formou na portaria e nem todos puderam entrar devido a capacidade reduzida, 80%.

O decreto foi assinado pelo prefeito, Luís Eduardo Falcão (Podemos), no dia 7/10, e estabeleceu que todas as atividades econômicas, incluindo boates, cinemas, teatros e festas, estão autorizadas a funcionar com 80% de lotação, distância mínima de um metro e meio entre os frequentadores, uso de álcool gel e de máscara. Eventos com mais de 100 pessoas deverão ter aferição de temperatura na entrada. Os velórios, por outro lado, ficaram limitados a 75% da capacidade do local. A justificativa foi a redução no número de casos de COVID-19.
 

Fiscalização

 
Abertas desde sexta-feira passada (8/10), as boates de Patos de Minas já foram denunciadas por desrespeitar os protocolos de combate a COVID-19. No entanto, a prefeitura não divulgou, até o momento, quais estabelecimentos infringiram o decreto.
 
A vigilância sanitária notificou os proprietários e, caso haja reincidência, os locais serão interditados. Em Patos de Minas, além da fiscalização in loco, imagens e vídeos são usados para autuações.
 
Denúncias podem ser feitas pelo telefone/WhatsApp (34) 3822-9601 ou pelo site  patosconectado.com.br .

Vacinação

Patos de Minas já concluiu a aplicação da 1ª dose em maiores de 17 anos. Segundo o vacinômetro, divulgado pela prefeitura, 71,91% da população adulta, com 18 anos ou mais, já está com o esquema vacinal completo, ou seja, recebeu duas doses ou a dose única. 


No município foram aplicadas 120.468 primeiras doses, 88.352 segundas doses e 4.055 doses únicas. Os idosos, com mais de 70 anos, os imunossuprimidos e os trabalhadores da saúde estão recebendo a terceira dose. Já foram aplicadas 7.174 doses de reforço.

O calendário de vacinação é divulgado pela prefeitura no site  patosdeminas.mg.gov.br


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade