Publicidade

Estado de Minas 2ª VEZ EM UMA SEMANA

Araxá suspende novamente vacinação contra COVID e cobra Governo de Minas

Na última semana, imunização por idade no município já havia sido paralisada por falta de doses; prefeito cobrou, outra vez, mais vacinas do governo estadual


26/07/2021 19:31 - atualizado 26/07/2021 19:59

Vacinação da primeira dose em Araxá será paralisada nesta terça-feira (27/7), e retomada apenas após a chegada de novos imunizantes(foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
Vacinação da primeira dose em Araxá será paralisada nesta terça-feira (27/7), e retomada apenas após a chegada de novos imunizantes (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
A população de Araxá que vivia a expectativa de ser imunizada contra a COVID-19 nos próximos dias terá de aguardar - de novo. A prefeitura do município do Alto Paranaíba suspendeu a vacinação desta terça-feira (27/7) de primeira dose por faixa etária e para grupos de trabalhadores da indústria e construção civil.
 
“Entramos em contato com a Secretaria de Estado de Saúde mais uma vez solicitando uma remessa maior de doses para Araxá. Queremos que o Governo do Estado encaminhe a quantidade de doses que deixamos de receber em lotes anteriores e que seja proporcional ao número de habitantes e perfil da nossa população”, cobrou o prefeito Robson Magela.
 
Segundo o gestor municipal, não há mais imunizantes para doses iniciais por faixa etária e trabalhadores. Todas as vacinas disponíveis na cidade, no momento, serão destinadas, por orientação do estado, para aplicação de 2º dose e para gestantes, puérperas e lactantes ainda não vacinadas. 
 
 
Nesta segunda (26/7), pessoas de 39 anos conseguiram receber a primeira dose, mas esse tipo de vacinação está suspenso a partir de amanhã.
 

De novo!

 
Na semana passada, a prefeitura de Araxá já tinha anunciado a suspensão da vacinação pelo mesmo motivo. “A última remessa entregue pelo Estado é uma constatação da forma desproporcional que os imunizantes estão sendo destinados. Cobramos novamente nesta semana da Secretaria Estadual de Saúde e estamos aguardando a correção”, afirmou à época a secretária municipal de Saúde, Lorena de Pinho Magalhães.
 
O Estado de Minas enviou um pedido ao governo estadual para comentar a situação desde a primeira crítica da prefeitura ao esquema de distribuição de doses, há duas semanas, mas até agora não houve retorno. Nesta segunda-feira (27/7), nova demanda foi enviada ao governo estadual.
 
Tão logo a gestão responda as perguntas, esta reportagem será atualizada. 
 
Vacinação
 
De acordo com os últimos dados do Vacinômetro divulgados nesta segunda-feira (27/7), 78.506 doses já foram recebidas por Araxá. Dessas, 69.679 foram aplicadas e 8.827 estão destinadas para aplicação.
 
Atualmente, 4.688 pessoas tomaram a vacina de dose única, 47.911 se vacinaram com a primeira dose e 17.080 já se imunizaram com a dose de reforço. A estimativa é de que 49% da população da cidade, com aproximadamente 107 mil habitantes, tenha recebido pelo menos uma dose.
 
Vacinômetro de Araxá, atualizado em 26/7(foto: Prefeitura de Araxá / Divulgação)
Vacinômetro de Araxá, atualizado em 26/7 (foto: Prefeitura de Araxá / Divulgação)
 
 

Casos e leitos

 
De acordo com o boletim epidemiológico divulgado na tarde de hoje (26/7), no fim de semana foram 29 notificações de pessoas infectadas pelo novo coronavírus e um óbito foi registrado: trata-se de um homem de 80 anos.   
 
Dos 20 leitos de UTI, a ocupação está em 85%. São 13 pacientes de Araxá, três de Ibiá e um de Santa Juliana.
 
Já dos 26 leitos clínicos, 26,92% deles estão ocupados com seis pacientes de Araxá e um de Santa Juliana.
 
Ao todo a cidade já registrou 13.834 casos confirmados e 226 óbitos. Cerca de 338 pessoas se recuperam em casa, sendo monitoradas pela secretaria de saúde.
 

Cronograma de vacinação 27 de julho

 
Gestantes, Puérperas e Lactantes – UNISA de 8h às 16h
 
Puérperas (com até 45 dias) e Lactantes (até 6 meses)
Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, cartão do SUS (se tiver) e certidão de nascimento ou cartão do bebê.
Gestantes (com e sem comorbidades
 
Gestantes 
Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, Comprovante de Residência, cartão do SUS (se tiver) e cartão pré-natal.
 
1ª dose – Grupos já contemplados  – UNISA de 8h às 16h

Relação de grupos aptos: Trabalhadores da saúde, idosos com 60 anos ou mais, pessoas com comorbidades e com e deficiência permanente (com e sem BPC), funcionários do sistema de privação de liberdade, trabalhadores da educação (Todos os professores e funcionários das escolas públicas e privadas do ensino básico - Cemei, pré-escola, ensino fundamental, ensino médio, curso técnico, EJA, ensino superior), forças de segurança e salvamento (Policiais Federais, Militares, Civis e Rodoviários, Bombeiros Militares e Civis, e Guardas Municipais), forças armadas (Membros ativos da Marinha, Exército e Aeronáutica), trabalhadores de limpeza urbana, caminhoneiros e trabalhadores do transporte. 
 
Documentos exigidos: cópia (xerox) CPF, RG, comprovante de residência, cartão do SUS (se tiver) e comprovante específico de cada grupo.
 
2ª dose - Grupos Contemplados de acordo com cartão de vacina – UNISA de 8h às 16h
 
Documentos exigidos: cópia (xerox) dos documentos pessoais, comprovante de residência, cartão do SUS (se tiver) e cartão de vacina.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade