Publicidade

Estado de Minas IMUNIZAÇÃO

Doses da vacina da Janssen devem chegar a Minas nesta quarta-feira (23/6)

Imunizante, que é ministrado em dose única, deve ser distribuído para todos os municípios de MG, segundo o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti


22/06/2021 16:15 - atualizado 22/06/2021 16:50

De acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, Minas Gerais deve receber 150 mil doses da vacina da Janssen nesta quarta-feira (foto: Frederic J. BROWN/AFP )
De acordo com o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, Minas Gerais deve receber 150 mil doses da vacina da Janssen nesta quarta-feira (foto: Frederic J. BROWN/AFP )
O primeiro lote da vacina da Janssen contra a COVID-19, com 1,5 milhão de doses, chegou ao Brasil nesta terça-feira (22/6), no aeroporto de Guarulhos. Segundo o secretário estadual de Saúde, Fábio Baccheretti, a expectativa é que Minas Gerais receba seu percentual dessas doses a partir desta quarta-feira (23/6). 

Ainda, de acordo com Baccheretti, os imunizantes da farmacêutica devem ser distribuídos para todos os municípios mineiros. Mas não há definição dos grupos que receberão a vacina, que é ministrada em dose única.

“A expectativa é que até amanhã (quarta-feira) essas doses já sejam encaminhadas aos estados e, com o aumento da validade da vacina da Janssen, mais 45 dias. O estado está seguro da distribuição para todos os municípios mineiros, uma vez que a gente faz a distribuição quase que imediata”, disse, durante coletiva. 

O secretário informou que os municípios estão sendo orientados, treinados e acompanhados para que consigam vacinar a população também de forma imediata. 

“A gente não vê risco em mandar as vacinas para todos os municípios mineiros”, completou.

Prazo de validade curto


Durante depoimento à CPI da COVID no último dia 8, o ministro da Saúde Marcelo Queiroga informou que o lote das vacinas da Janssen chegaria ao país com prazo de validade curto e vencimento em 27 de junho.

Por isso, a orientação do ministro é que elas fossem aplicadas apenas nas capitais

Já na segunda-feira (14/6), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) anunciou a aprovação da extensão do prazo de validade do imunizante, de três para quatro meses e meio, desde que as doses fossem armazenadas de 2º a 8º C. 

A agência reguladora norte-americana Food and Drug Administration (FDA, na sigla em inglês) também autorizou a prorrogação da validade. 

Mais 800 mil doses 


Durante a coletiva, o secretário Fábio Baccheretti lembrou ainda que o governo federal receberá doses de outros imunizantes (Butantan, AstraZeneca e da Pfizer) até o final da semana, totalizando mais 8 milhões de doses. 

Segundo Baccheretti, o Ministério da Saúde repassa para Minas Gerais cerca de 10% desse total. A expectativa, portanto, é que o estado receba mais de 800 mil doses nos próximos sete dias, de acordo com o secretário. 

“Temos uma expectativa de novas doses chegando, com essa novidade da Janssen, que ainda será encaminhada ao Ministério da Saúde para qual grupo específico. Lembrando que é dose única, então conseguimos aumentar a imunização de parte da população de forma mais rápida, em 15 dias, 21 dias após a aplicação da dose.”

Antecipação do calendário


Na semana passada, o governo de Minas divulgou o cronograma de vacinação para o estado, prevendo que todas as pessoas com idade a partir de 18 anos seriam imunizadas com a primeira dose até outubro deste ano. 

O secretário afirmou que a antecipação do calendário depende do adiantamento da entrega de doses por parte do Ministério da Saúde.

"Se o governo federal distribuir o suficiente até setembro, o estado de Minas vacinará até setembro. Nossa condição de adiantar o cronograma é receber as vacinas de forma adiantada pela previsão inicial.”
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade