Publicidade

Estado de Minas DESCUMPRIMENTO DE DECRETO MUNICIPAL

Banco é multado em R$ 2,5 mil após funcionários serem vistos sem máscaras

Durante fiscalização do Procon Uberaba, Guarda Municipal e Departamento de Posturas, dois funcionários foram flagrados praticando a irregularidade


17/02/2021 21:54 - atualizado 18/02/2021 07:05

Cinco agências de Uberaba foram fiscalizadas nesta quarta-feira por equipe composta por fiscais do Procon, Guarda Municipal (GM) e Departamento de Posturas, vinculado à Secretaria Municipal de Defesa Social (SDS) (foto: Prefeitura de Uberaba/Fiscalização)
Cinco agências de Uberaba foram fiscalizadas nesta quarta-feira por equipe composta por fiscais do Procon, Guarda Municipal (GM) e Departamento de Posturas, vinculado à Secretaria Municipal de Defesa Social (SDS) (foto: Prefeitura de Uberaba/Fiscalização)

 

A Fundação Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) Uberaba multou em R$ 2,5 mil uma agência bancária de Uberaba, no Triângulo Mineiro, nesta quarta-feira (17), por descumprimento ao decreto municipal de enfrentamento à COVID-19.  O Procon não divulgou o nome do banco, apenas que o mesmo fica localizado no Bairro São Benedito.
 
 
Segundo a assessoria de imprensa da prefeitura de Uberaba, o estabelecimento tem cinco dias para pagar a multa e, em caso de recurso julgado procedente, o montante será devolvido. 
 
De acordo com o chefe da Seção de Fiscalização e Acompanhamento de Preço do Procon Uberaba, Humberto Raphael de Souza, a agência foi multada porque dois funcionários não usavam máscara em uma sala, no segundo andar do banco. “Havia quatro funcionários da agência nessa sala, e dois deles estavam sem máscara”, contou.
 
Outras quatro agências de Uberaba foram fiscalizadas nesta quarta-feira por equipe composta por fiscais do Procon, Guarda Municipal (GM) e Departamento de Posturas, vinculado à Secretaria de Defesa Social (SDS). 
 
Além da utilização de máscara, segundo Humberto de Souza, os fiscais conferiram o distanciamento mínimo de 2m nas filas, barreiras sanitárias para controle de acesso e observância à quantidade máxima de pessoas conforme o tamanho do local. Trena digital foi usada na medição.
 
“Embora a capacidade permitida informada na entrada por todos os estabelecimentos estivesse incorreta, em nenhuma agência foi constatada aglomeração no momento da fiscalização. Por isso, não foram multados, somente orientados quanto à quantidade correta”, esclareceu Humberto. 
 
Ocupação dos leitos particulares de UTI/COVID em Uberaba está quase total
 
A taxa de ocupação dos leitos UTI/COVID de hospitais particulares em Uberaba está perto de atingir os 100%. O boletim epidemiológico desta quarta-feira (17/2) registrou a maior taxa de ocupação, desde o início da pandemia, ou seja, preocupantes 94%. Já a taxa de ocupação dos leitos privados de enfermaria destinados à doença também liga um sinal de alerta: perto dos 80%. 
 
Por outro lado, a situação só não chega a ser alarmante no município porque as ocupações dos leitos de UTI e enfermaria/COVID da rede pública estão controladas: 49%, UTI, e 56%, enfermaria. Com relação a todos os hospitais da cidade, a taxa de ocupação das UTIs está em 67% e de enfermaria, em 60%.
 
Nas últimas 24 horas foram registrados 134 novos casos positivos em Uberaba e nenhum óbito. Ao todo, desde o início da pandemia, 14.328 pessoas foram infectadas pela COVID-19 na cidade, sendo que 12.360 se recuperaram e 315 pacientes morreram. 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade