Publicidade

Estado de Minas

Polícia confirma que corpo encontrado em Matozinhos é de homem que caiu no Arrudas

Cadáver da vítima foi localizado após cinco dias de buscas; homem chegou a segurar a corda jogada pelo resgate para salvá-lo, mas foi levado pela correnteza.


16/11/2020 09:37 - atualizado 16/11/2020 10:50

Buscas pelo homem que caiu no Rio Arrudas em 11 de novembro já duravam cinco dias(foto: CBMG/DIVULGAÇÃO)
Buscas pelo homem que caiu no Rio Arrudas em 11 de novembro já duravam cinco dias (foto: CBMG/DIVULGAÇÃO)
Após cinco dias de buscas, o corpo do homem que caiu no Ribeirão Arrudas na última quarta-feira (11) foi localizado pelo Corpo de Bombeiros. A informação foi confirmada esta manhã pela Polícia Civil de Minas Gerais (PCMG).  


A PCMG não informou o nome, nem a idade do homem. Por enquanto, divulgou apenas que o corpo foi localizado em Matozinhos, na Região Metropolitana. 

O cadáver já foi submetido à necropsia e liberado aos familiares no Posto Médico Legal de Sete Lagoas, também na Grande BH. De acordo com a corporação, os parentes são de Ribeirão das Neves. 

Resgate

Segundo o Corpo de Bombeiros, a primeira tentativa de resgate do homem que caiu no Ribeirão Arrudas foi feita pela Polícia Militar. Os agentes jogaram uma corda para tentar içá-lo. Ele chegou a agarrar o equipamento, mas acabou sendo arrastado pelas águas. 

As buscas seguiram por cinco dias seguidos. Na quinta-feira (12), os trabalhos tiveram que ser interrompidos  por causa da chuva. Na sexta (13), os militares informaram que haviam percorrido sete quilômetros às margens do Arrudas, até General Carneiro, mas não conseguiram localizar o corpo. 

A vítima foi encontrada no fim da tarde de sábado (14) no Rio das Velhas, em Matozinhos. O cadáver, segundo os bombeiros, estava preso em um local de difícil acesso. A identidade do homem só foi confirmada por familiares esta manhã. 

No dia da queda, a PM recebeu informações de que o homem pulou no Rio Arrudas para fugir da perseguição de populares após tentar roubar o celular de uma mulher.

A corporação, no entanto, informou que não conseguiu confirmar o fato.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade