Publicidade

Estado de Minas

Polícias Militar e Civil prendem sete traficantes e apreendem drogas e armas em Belo Horizonte

Aglomerado da Serra, Morro do Papagaio, Morro das Pedras, Itaipu e Bairro São Paulo foram os locais das batidas


06/10/2020 20:57 - atualizado 06/10/2020 21:42

Material apreendido no Aglomerado da Serra(foto: PMMG/Divulgação)
Material apreendido no Aglomerado da Serra (foto: PMMG/Divulgação)
Em cinco operações contra o tráfico de drogas, uma da Polícia Civil e quatro da PM, no Aglomerado da Serra, Morro do Papagaio, Morro das Pedras, Itaipu e Bairro São Paulo, sete pessoas foram presas, sendo três homens, duas mulheres e dois menores. Foram apreendidas buchas de maconha, pinos de cocaína, 12 barras de maconha, 62 porções da erva, três balanças de precisão, duas submetralhadoras e dois revólveres.

No Aglomerado da Serra, na madrugada desta terça-feira, na Rua Rui Guerra, Vila Nossa Senhora de Fátima, militares da Equipe Delta, integrantes da 127ª Cia PM e da 123ª Cia TM foram até o local conhecido por “Boca do Paiva”, ponto estratégico, onde passaram a monitorar a movimentação de traficantes.

Nas observações, foram confirmadas as suspeitas, sendo que dois homens faziam transações quando os policiais os abordaram, sendo um menor de 15 anos e o outro de 26. Com a dupla foi encontrados um revólver calibre 38, 95 pinos de cocaína, uma barra de maconha, 27 buchas de maconha, 34 porções de maconha, uma balança de precisão, dois rádios comunicadores, R$ 725,00 em dinheiro e um caderno com anotações do tráfico.

Morro das Pedras

No Beco Central A, Vila São Jorge III, Morro das Pedras, militares da Gepar da 125ª Cia PM foram enviados para averiguar informações sobre o armazenamento de drogas em residências.

Duas casas foram vistoriadas. Na primeira, os militares depararam com um menor, de 16 anos, que tem várias prisões por tráfico de drogas. Indagado, ele confessou estar traficando. Na segunda residência, encontraram uma mulher, de 29 anos.

Ao vistoriarem a casa não encontraram nada. No entanto, nos telhados de residências vizinhas, várias drogas. A mulher acabou confessando que ela atirara tais drogas sobre os telhados. No entanto, afirmou que a droga não lhe pertencia, mas, sim, a uma terceira pessoa, que não foi localizada.

Na segunda busca na casa da mulher, foi encontrado material usado para embalar drogas, sendo que nas etiquetas tinha a identificação do fornecedor do entorpecente. No total, foram apreendidas duas porções de cocaína, duas balanças de precisão, R$ 1.200,00 em dinheiro e material para embalar drogas (dolagem).
 
(foto: PMMG/Divulgação)
(foto: PMMG/Divulgação)
 

Morro do Papagaio

No Beco das Acácias, Vila Barragem Santa Lúcia, Morro do Papagaio, durante uma investida para investigar uma denúncia de que um homem estaria armado no local, este foi avistado e iniciou uma fuga, iniciando uma corrida e saltando por muros, conseguindo escapar.

No entanto, deixou para trás a mochila que carregava, onde foram encontradas 195 pedras de crack e uma submetralhadora caseira. A ocorrência foi encerrada na Ceflan 3.

Itaipu

Na Rua Ibirapuera, Bairro Itaipu, Região do Barreiro, uma denúncia de que quatro traficantes estariam agindo na região. Ao chegarem ao local, os policiais avistaram um homem em atitude suspeita, que emitiu um alerta sobre a chegada da polícia. Não só ele, mas outros suspeitos fugiram. O homem acabou preso.

Imediatamente a seguir, foi dada uma busca na região, com os policiais encontrando dois revólveres, calibres 32 e 38, uma submetralhadora, munições dessas armas, meio quilo de maconha e 18 pinos de cocaína. O suspeito, as drogas e as armas foram levados para o Ceflan 2.

Bairro São Paulo

A Polícia Civil cumpriu, na manhã desta terça-feira, 17 mandados de busca e apreensão, no Bairro São Paulo, dentro da Operação Perdigão, que resultou na apreensão de um menor de idade e prisão de um suspeito de 25.

Segundo a delegada Monah Zein, da 2ª Delegacia de Polícia Civil Leste, que coordenou a operação, as investigações tiveram início há três meses. “Essa é uma investigação que apura diversas denúncias e ocorrências envolvendo uma associação criminosa que atua no local. A ação teve como objetivo a repressão ao tráfico de drogas na região e angariar elementos e provas para os procedimentos em andamento.”

“Essa é uma região que possui um histórico de criminalidade e a PCMG está atenta a isso. A Polícia Civil atua para combater os crimes e trazer tranquilidade à população que reside no local”, diz ela.

Na operação, 16 celulares foram apreendidos e foram encaminhados para a perícia. Também foram apreendidos R$ 950 em espécie. O suspeito maior de idade foi encaminhado à Delegacia de Plantão Especializada de Investigação de Ato Infracional, uma vez que ele possuía um mandado de busca e apreensão em aberto de quando ainda era adolescente.
 
A operação contou também com a participação da Patrulha Unificada Metropolitana de Apoio (Puma), do Canil da PCMG e da Coordenação Aerotática (CAT).


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade