Publicidade

Estado de Minas BELO HORIZONTE

Praia de Minas: bares do Mercado Central começam a atender na calçada

PBH autorizou mesas e cadeiras na Avenida Augusto de Lima todos os sábados, das 11h às 20h, a partir deste fim de semana (26)


26/09/2020 16:53

Bares do Mercado Central fazem o atendimento do lado de fora, na Av. Augusto de Lima(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Bares do Mercado Central fazem o atendimento do lado de fora, na Av. Augusto de Lima (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)

Mesas sob coqueiros e o vento na calçada montam o novo cenário do Mercado Central. Neste sábado (26), os tradicionais bares do centro de comércio começaram a fazer o atendimento do lado de fora, na Avenida Augusto de Lima. A modalidade autorizada pela prefeitura para garantir maior segurança em decorrência do novo coronavírus conquistou os clientes que apelidaram o local de “praia de Minas”.

O casal João Ricardo Sampaio Vilela e Vanessa Leite moram em Boa Esperança, no Sul de Minas e estão de passagem em Belo Horizonte. “Resolvemos sair hoje para dar um passeio, tomar uma cervejinha. Vimos um movimento diferente e resolvemos parar. Meu marido é daqui e falou pra gente comer o famoso fígado com jiló”, conta Vanessa.

O casal João Ricardo Sampaio Vilela e Vanessa Leite 'só faltou alguma coisa pra molhar'(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
O casal João Ricardo Sampaio Vilela e Vanessa Leite 'só faltou alguma coisa pra molhar' (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)


Respeito ao distanciamento social, pratos e copos descartáveis, garçons servindo com máscaras e protetores faciais. Uma experiência diferente que vale a pena. “Essa foi uma ideia maravilhosa. Os bares estão muito rigorosos, estão de parabéns. Espero que dê certo e futuramente possa deixar essa ideia”, sugere a turista. “Como cliente, ver a satisfação de voltar às atividades é muito boa, ver as pessoas trabalhando novamente.”

Em um dia quente, o cenário remete os clientes aos bares da orla das praias brasileiras. “Acho que deveria manter as mesas aqui fora após a pandemia. Meu marido diz que nunca imaginou sentar aqui, e a gente brinca: ‘só faltou alguma coisa pra molhar’”, se diverte a consumidora.

As mesas e cadeiras ficarão na calçada todos os sábados, das 11h às 20h. São cerca de 40 mesas e 130 cadeiras para os fregueses, que são servidos em material descartável. O espaço foi cercado por grades e, para entrar, o mercado faz aferição de temperatura corporal.

Clientes estão apelidando o local de Praia de Minas(foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)
Clientes estão apelidando o local de Praia de Minas (foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A. Press)


No horário de funcionamento dos bares na calçada, o trânsito será fechado no trecho da via, em frente ao Mercado. O atendimento é feito pelos bares Fortaleza, São Judas Tadeu, da Lora, do Antônio, da Tia e do Zé da Onça.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade