Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Polícia faz operação de combate ao tráfico de drogas em Poços de Caldas

Durante a ação, foram cumpridos cinco mandados de prisão e cinco de apreensão de adolescentes


22/09/2020 16:44 - atualizado 22/09/2020 16:59

Foram cumpridos cinco mandados de prisão e cinco de apreensão de adolescentes(foto: Divulgação/ Polícia Civil de Minas Gerais)
Foram cumpridos cinco mandados de prisão e cinco de apreensão de adolescentes (foto: Divulgação/ Polícia Civil de Minas Gerais)
A Polícia Civil realizou, nesta terça-feira (22), uma operação para o cumprimento de cinco mandados de prisão e outros cinco de apreensão de adolescentes em Poços de Caldas, no Sul de Minas Gerais. A ação teve como objetivo o combate ao tráfico de drogas no município. 

De acordo com a polícia, no curso dos trabalhos, foram apreendidas drogas - maconha e crack -, balança de precisão para pesar os entorpecentes, aparelhos celulares, sacos plásticos para embalar as drogas e cerca de R$ 3.500 em dinheiro. 

A diligência teve o apoio de diversas equipes da Delegacia Regional de Poços de Caldas. 

Essa foi a segunda fase da operação deflagrada em maio deste ano, quando foram apreendidos mais de 40 kg de drogas e cinco armas de fogo, além de duas prisões em flagrante. 

Primeira fase


Há exatos quatro meses, a Polícia Civil fez a maior apreensão realizada em poços de Caldas no ano, onde 40 quilos de drogas, incluindo maconha, cocaína e substâncias sintéticas foram encontradas. Na ocasião, um homem e uma mulher também foram presos. 

Foram apreendidos cerca de 40 quilos, incluindo maconha, cocaína e substâncias sintética(foto: Divulgação/ Polícia Civil de Minas Gerais)
Foram apreendidos cerca de 40 quilos, incluindo maconha, cocaína e substâncias sintética (foto: Divulgação/ Polícia Civil de Minas Gerais)
A mulher foi presa no Bairro Aparecida, onde a polícia encontrou uma mala com quase a totalidade da maconha apreendida, duas pistolas e um revólver. “Já com o suspeito estavam as outras armas de fogo e mais drogas.", afirmou a Polícia Civil.

Os policiais que participaram da ação também acharam em posse dos autores do crime cinco armas de fogo, munições, balanças de precisão, rádios comunicadores e aparelhos celulares. 

Segundo a PCMG, as investigações sobre o crime tiveram início em janeiro deste ano. 
 
*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade