Publicidade

Estado de Minas SUL DE MINAS

Ex-secretário de saúde morre após ser atacado com facão durante visita política

Israel Alves estava acompanhado do deputado estadual Duarte Bechir (PSD); suspeito, que teria distúrbios psicológicos, foi preso em casa


06/09/2020 15:18 - atualizado 06/09/2020 19:08

Ex-secretário de saúde chegou a ser socorrido, mas não resistiu(foto: Redes Sociais )
Ex-secretário de saúde chegou a ser socorrido, mas não resistiu (foto: Redes Sociais )
Israel Alves, ex-secretário de saúde de Campo Belo, no Sul de Minas, morreu na manhã deste domingo (6) após ser esfaqueado no Bairro Vieiras. De acordo com a polícia, o ataque aconteceu na noite de sábado (5), quando a vítima saia de uma residência.

 

Segundo a polícia, o ex-secretário, de 59 anos, foi atingido com golpes de facão e estava acompanhado do deputado estadual Duarte Bechir (PSD) em uma visita política. “O ataque aconteceu quando a vítima e a testemunha estavam em direção ao carro. Israel foi surpreendido por um homem que estava com um facão”, explica a assessoria de imprensa da Polícia Militar.

 

A PM informou que Israel tentou fugir, mas foi perseguido. “Uma outra testemunha apareceu e em defesa a vítima, atacou o suspeito com uma pá”, completa.

 

Prefeitura de Campo Belo divulgou nota de pesar (foto: Prefeitura de Campo Belo)
Prefeitura de Campo Belo divulgou nota de pesar (foto: Prefeitura de Campo Belo)
Israel foi socorrido em estado grave para a Santa Casa de Campo Belo, onde passou por cirurgia, mas não resistiu aos ferimentos. O corpo dele foi encaminhado ao IML da cidade.

 

O suspeito de 33 anos, que tem distúrbio psicológico, foi identificado e preso pela PM. “O homem foi preso em casa. E durante a ação da polícia, o suspeito colocou fogo na residência. Houve uma explosão no imóvel e parte das chamas atingiram as pernas do suspeito”, ressalta.

 

O homem foi encaminhado para o Pronto Atendimento Médico (PAM) e, em seguida, levado para a Delegacia de Polícia Civil de Campo Belo. A reportagem tentou contato com a polícia civil para saber detalhes da prisão, mas até o momento, não obteve respostas. 

 

Ainda de acordo com a PM, o deputado Duarte Bechir não ficou ferido durante o ataque.

 

Nota de pesar 

 

Além de lamentar, deputado diz que o fato não teve ligação com a política(foto: Redes Sociais)
Além de lamentar, deputado diz que o fato não teve ligação com a política (foto: Redes Sociais)
A assessoria de imprensa do deputado Duarte Bechir também divulgou nota lamentando o ocorrido. “Nosso deputado está bem, embora profundamente abalado com a perda do amigo. Ao tempo que se pede orações pela família enlutada, esclarece, ainda que o fato não teve nenhuma conotação de natureza política”, trecho da nota publicada nas redes sociais. 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade