Publicidade

Estado de Minas FESTA E AGLOMERAÇÃO

PBH interdita clube que funcionava irregularmente no Bairro Ouro Minas

Segundo a prefeitura, não foi aplicada multa aos donos do 'Clube do Paulinho' nem aos frequentadores, mas, em caso de reincidência, o local poderá ter o alvará de funcionamento suspenso


17/08/2020 16:39 - atualizado 17/08/2020 18:09

Sol, piscina, pagode e centenas de pessoas: aglomeração em clube de BH ignorou pandemia e decreto de quarentena(foto: Reprodução/ Redes Sociais)
Sol, piscina, pagode e centenas de pessoas: aglomeração em clube de BH ignorou pandemia e decreto de quarentena (foto: Reprodução/ Redes Sociais)
A Prefeitura de Belo Horizonte interditou, na tarde desta segunda-feira (17), o clube localizado na Rua Santa Úrsula, no Bairro Ouro Minas, na Região Nordeste da capital mineira, que funcionava normalmente, por descumprimento dos decretos do Executivo municipal que estabelecem medidas de enfrentamento à pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2). 


Em nota, a prefeitura afirmou que não foi aplicada multa aos envolvidos na festa, mas reiterou que “o descumprimento das regras pode resultar na aplicação de multa no valor de R$ 17.614,57 ao dono do estabelecimento”. 
 
Segundo o Decreto 17.406, editado pelo prefeito Alexandre Kalil (PSD) em 5 de agosto, os clubes estão proibidos de funcionar. Esse tipo de espaço só será liberado na fase 3 da flexibilização do isolamento social. Em BH, ainda estão vigentes os protocolos da fase 1.

À reportagem, o dono do sítio, que se identificou apenas como Paulinho, e a mãe dele, Maria, disseram, por telefone, que o espaço está funcionando normalmente. Paulinho, no entanto, disse que só falaria a respeito da festa realizada no domingo pessoalmente. 

*Estagiário sob supervisão da editora-assistente Vera Schmitz 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade