Publicidade

Estado de Minas PANDEMIA NA CAPITAL

COVID-19: saiba como estão distribuídas as mortes por região de BH

Enquanto o Centro-Sul e o Nordeste da capital mineira lideram a lista de vidas perdidas, Barreiro e Venda Nova registram menos óbitos


postado em 01/06/2020 17:42 / atualizado em 01/06/2020 18:33

BH ainda tem 29 mortes suspeitas por COVID-19(foto: Rodrigo Buendia/AFP)
BH ainda tem 29 mortes suspeitas por COVID-19 (foto: Rodrigo Buendia/AFP)

 

Belo Horizonte concentra, conforme o último levantamento das autoridades de saúde, 49 mortes por COVID-19, a doença originária do novo coronavírus. Segundo levantamento da prefeitura, todas as nove regiões da cidade registram vidas perdidas pela enfermidade que assusta o mundo.

 

As regiões Centro-Sul e Nordeste lideram a lista dos óbitos: oito cada. Na contramão, Venda Nova e Barreiro computam três vidas perdidas, o menor número entre as regionais do município.

 

Também registram mortes as regionais da Pampulha (quatro), Oeste (cinco), Norte (quatro), Noroeste (sete) e Leste (sete).

 

Entre as 49 mortes, 25 eram homens e 24 mulheres. Todas as pessoas que perderam a guerra contra o novo coronavírus apresentavam ao menos uma comorbidade, sendo 36 delas consideradas idosas: acima dos 60 anos.

 

Ainda entre os 49 mortos, 23 tinham diabetes, 21 cardiopatia, nove pneumopatia e cinco imunodeficiência.

 

Outras quatro doenças também estão entre as comorbidades diagnosticadas nos mortos por COVID-19 em Belo Horizonte: nefropatia (quatro pacientes), obesidade (três), enfermidade neurológica (três) e doença hematológica (uma).

 

No total, 286 óbitos por síndrome respiratória aguda grave aconteceram em Belo Horizonte desde 28 de fevereiro, quando o primeiro paciente infectado com a doença na cidade começou a apresentar sintomas. Desses, 208 foram descartados para COVID-19, 49 infectados pelo novo coronavírus e 29 ainda em investigação.

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade