Publicidade

Estado de Minas BOA AÇÃO

Entrega de cestas básicas chama atenção na Praça da Estação, em BH

A iniciativa de solidariedade foi patrocinada por um grupo de empresários da capital mineira chamado Medina Bank


postado em 29/05/2020 18:35 / atualizado em 29/05/2020 19:35

Água, açúcar, frutas, café, pão, feijão e arroz estavam entre os produtos ofertados
Água, açúcar, frutas, café, pão, feijão e arroz estavam entre os produtos ofertados

Uma distribuição de cestas básicas na Praça da Estação, no Centro de Belo Horizonte, acabou chamando atenção de quem passava no local na tarde desta sexta-feira (29). Uma enorme fila se formou para receber a ajuda durante a pandemia do novo coronavírus. Produtos como água, açúcar, frutas, café, pão, feijão e arroz faziam parte do arranjo. A atitude foi patrocinada por um grupo de empresários da capital chamado Medina Bank.

Rosimeire Cabral foi uma das pessoas que receberam o auxílio. Ela conta que, com a pandemia do novo coronavírus, perdeu sua renda e está sobrevivendo de doações de cesta básica. Carregando uma penca de bananas e com um sorriso aberto, agradecia à ajuda.



 Martha Candida Lima fez questão de gravar um recado para os organizadores: “Gostaria de agradecer e pedir para que eles dessem uma colher de chá para Bolsonaro (Jair, presidente), ensinando como tratar os seres humanos com dignidade. Minha eterna gratidão”.

A ação atraiu muitos moradores em situação de rua. Pessoas carentes também se reuniram na praça.

As colegas Estela Márcia, Siméia Falcão e Maria do Carmo externaram sua gratidão pela iniciativa dos empresários. “Vai ajudar bastante. Uma ação dessas é muito importante, porque nem todo mundo tem direito ao auxílio do governo”, ressalta Estela.

(foto: Fotos: Leandro Couri/EM/D.A PRESS )
(foto: Fotos: Leandro Couri/EM/D.A PRESS )


Tentando levar em conta as medidas de distanciamento social e cuidados higiênicos, os organizadores da ação também distribuíram álcool em gel. Todos que passavam pela fila recebiam o produto nas mãos para pegar as cestas básicas.
 
*Estagiária sob supervisão da subeditora Kelen Cristina

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade