Publicidade

Estado de Minas EDUCAÇÃO

CEFET-MG lança curso gratuito para orientar estudantes em aulas remotas

Curso on-line vai auxiliar alunos da própria instituição, do IFMG e da rede estadual no processo de aprendizagem a distância; inscrições vão até 3 junho


postado em 29/05/2020 17:32 / atualizado em 29/05/2020 18:36

Alunos da rede pública de Minas Gerais, cadastrados no site, poderão fazer o curso(foto: Reprodução/ Internet)
Alunos da rede pública de Minas Gerais, cadastrados no site, poderão fazer o curso (foto: Reprodução/ Internet)
A pandemia do novo coronavírus atingiu diretamente o sistema educacional de todo o Brasil, comprometendo a qualidade do ensino em algumas instituições. Diante da suspensão das aulas presenciais, por causa da necessidade de se cumprir o isolamento social, o CEFET-MG está oferecendo um curso on-line gratuito para auxiliar estudantes na organização do tempo de estudo, no estabelecimento de objetivos e na escolha de estratégias eficazes para o processo de aprendizagem. 

Serão disponibilizadas 100 vagas, sendo 50 para estudantes do CEFET-MG, 25 para alunos do Intituto Federal de Minas Gerais (IFMG) e 25 para os que estão matriculados no ensino médio da rede estadual de ensino de Belo Horizonte.

Segundo o edital de seleção, os alunos podem se inscrever, gratuitamente, de 26 a 3 de junho. O curso terá carga horária de 45 horas, tendo seu início em 8 de junho e término em 10 de julho. 

Ansiedade e autoestima em pauta


A iniciativa faz parte do projeto de extensão “Desenvolvimento de estratégias de aprendizagem e autonomia na vigência do período de isolamento social” e tem como principal objetivo fomentar a construção da autonomia do estudante, além de trabalhar questões como a relação da ansiedade e da autoestima no processo educacional.

De acordo com a pedagoga do câmpus Contagem do CEFET-MG, Rafaela Duarte, o projeto é uma resposta emergencial à situação enfrentada pelos alunos em relação ao isolamento social e seus processos de aprendizado remoto.

“Entendemos que no período atual, em que as aulas estão suspensas em todo o estado, torna-se necessário construir uma rede de apoio e de orientação, sobretudo em aspectos pedagógicos, aos estudantes da rede pública de ensino”, afirmou.


*Estagiário sob supervisão da subeditora Kelen Cristina

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade