Publicidade

Estado de Minas

Bom Despacho decreta toque de recolher por causa do coronavírus

Conforme o decreto municipal, trabalhadores de setores essenciais, como saúde, alimentação e segurança pública, poderão transitar, mas o restante da população precisará ficar em casa entre 22h e 5h


postado em 25/03/2020 22:22 / atualizado em 25/03/2020 22:35

(foto: Reprodução/Google Street View)
(foto: Reprodução/Google Street View)

 

Moradores de Bom Despacho, na Região Centro-Oeste de Minas Gerais, vão precisar se acostumar a entrar para dentro de casa a partir das 22h e só sair às 5h do dia seguinte. Isso porque a prefeitura local decretou toque de recolher para conter a pandemia do novo coronavírus.

 

De acordo com o decreto do prefeito Fernando Cabral (PPS), a medida só não se estende a trabalhadores da segurança pública, da alimentação essencial (como padarias e supermercados) e da saúde em deslocamento para suas atividades.

 

Quem precisar consultar serviços de saúde também poderá sair de casa mediante “comprovada necessidade urgente” de comparecimento às unidades de socorro.

 

 

 

Quanto ao funcionamento das empresas, apenas aquelas essenciais poderão operar: empreendimentos ligados à saúde, alimentação (delivery, inclusive), combustíveis, farmácias e produção de insumos usados na pandemia, como álcool em gel e máscaras.

 

A fiscalização será feita pelo próprio município com apoio, caso necessário, da Polícia Militar.

 

Bom Despacho, conforme o último levantamento da Secretaria de Estado de Saúde, registra 26 notificações do novo coronavírus, com um caso confirmado e 25 suspeitos.  

 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

Coronavírus: qual é a diferença entre isolamento e quarentena? 

   


Publicidade