Publicidade

Estado de Minas CORONAVÍRUS

Financiamento coletivo busca fortalecer HC, Risoleta e UPA Centro-Sul

Iniciativa é organizada por três instituições (UFMG, IAMG e Fundep) e foi pensada por causa do avanço do coronavírus. Fundo seria para compra de insumos hospitalares


postado em 24/03/2020 13:26 / atualizado em 24/03/2020 15:30

Hospital das Clínicas da UFMG será um dos beneficiados pelo financiamento coletivo(foto: Divulgação/Hospital das Clínicas da UFMG)
Hospital das Clínicas da UFMG será um dos beneficiados pelo financiamento coletivo (foto: Divulgação/Hospital das Clínicas da UFMG)
A opção de financiamento coletivo foi anunciada na manhã desta terça-feira (24) para auxiliar o trabalho de três unidades de saúde: Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Hospital Risoleta Tolentino Neves e Unidade de Pronto Atendimento (UPA) Centro-Sul de Belo Horizonte, todos localizados na capital mineira. A medida, organizada por UFMG, Instituto dos Advogados de Minas Gerais (IAB-MG) e Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), foi motivada devido ao avanço do coronavírus no estado, na cidade e no Brasil.
 
Segundo os organizadores do financiamento, a arrecadação visa à aquisição de insumos e materiais médico-hospitalares, como luvas, aventais, protetores faciais, máscaras cirúrgicas, suportes de soro; materiais de limpeza, como desinfetantes, álcool em gel, papel toalha; medicamentos e serviços especializados. Com o avanço diário da COVID-19, essas unidades verificam a queda expressiva nos estoques e na capacidade de assistência à saúde.
 
A Fundep será a encarregada de gerenciar as doações e de utilizá-las no atendimento das vítimas diagnosticadas com coronavírus e síndromes respiratórias agudas e demais emergências. As três unidades incluídas no programa de financiamento integram o Sistema Único de Saúde (SUS).

“A colaboração e a solidariedade da sociedade mineira nesse momento de crise são essenciais para mantermos os dois hospitais e a UPA Centro-Sul em condições de operar e atender adequadamente a população. É uma medida emergencial, e contamos com o apoio das empresas e da sociedade mineira”, disse Sandra Regina Goulart Almeida, reitora da UFMG.
 
Segundo dados do Ministério da Saúde, divulgados na noite dessa segunda-feira (23), 34 pessoas morreram no Brasil por causa do coronavírus. Já os casos confirmados da COVID-19 no país chegam a 1.819 (128 em Minas Gerais). 
 
As contribuições podem ser feitas por transferência bancária e por entrega de material. Veja, abaixo, os dados bancários:
 
Banco do Brasil (001)

Agência 1615-2

Conta corrente: 960.419-7

CNPJ da Fundep: 18.720.938/0001-41

Quem quiser e puder doar bens ou equipamentos deverá entrar em contato com a diretoria de Relações Institucionais da UFMG por meio do telefone (31) 3409-5555 ou do e-mail gab@copi.ufmg.br.
 

O que é o coronavírus?

Coronavírus são uma grande família de vírus que causam infecções respiratórias. O novo agente do coronavírus (COVID-19) foi descoberto em dezembro de 2019, na China. A doença pode causar infecções com sintomas inicialmente semelhantes aos resfriados ou gripes leves, mas com risco de se agravarem, podendo resultar em morte.

Como a COVID-19 é transmitida?

A transmissão dos coronavírus costuma ocorrer pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como gotículas de saliva, espirro, tosse, catarro, contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão, contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Como se prevenir?

A recomendação é evitar aglomerações, ficar longe de quem apresenta sintomas de infecção respiratória, lavar as mãos com frequência, tossir com o antebraço em frente à boca e frequentemente fazer o uso de água e sabão para lavar as mãos ou álcool em gel após ter contato com superfícies e pessoas. Em casa, tome cuidados extras contra a COVID-19.

Quais os sintomas do coronavírus?

Confira os principais sintomas das pessoas infectadas pela COVID-19:

  • Febre
  • Tosse
  • Falta de ar e dificuldade para respirar
  • Problemas gástricos
  • Diarreia


Em casos graves, as vítimas apresentam:

  • Pneumonia
  • Síndrome respiratória aguda severa
  • Insuficiência renal

Mitos e verdades sobre o vírus

Nas redes sociais, a propagação da COVID-19 espalhou também boatos sobre como o coronavírus é transmitido. E outras dúvidas foram surgindo: O álcool em gel é capaz de matar o vírus? O coronavírus é letal em um nível preocupante? Uma pessoa infectada pode contaminar várias outras? A epidemia vai matar milhares de brasileiros, pois o SUS não teria condições de atender a todos? Fizemos uma reportagem com um médico especialista em infectologia e ele explica todos os mitos e verdades sobre o coronavírus.

Para saber mais sobre o coronavírus, leia também:

 
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade