Publicidade

Estado de Minas

Detento faz 'live' dentro de presídio mineiro e reclama de falta de drogas

'Está difícil, não está tendo maconha para nós', afirmou o detento Pedro Lopes durante a transmissão na internet


postado em 20/09/2019 13:41 / atualizado em 20/09/2019 14:39

Vídeo circulou nas redes sociais (foto: Reprodução/Internet)
Vídeo circulou nas redes sociais (foto: Reprodução/Internet)

O uso de telefones celulares dentro dos presídios brasileiros não é novidade. Por diversas vezes, operações apreendem os aparelhos e mensagens enviadas pelos presos são interceptadas. Mas os detentos estão cada vez mais ousados. Um interno do Presídio Promotor José Costa, em Sete Lagoas, na Região Central de Minas Gerais, utilizou as redes sociais para fazer uma 'live' por meio do Instagram. No vídeo, Pedro Henrique Coelho Lopes, de 22 anos, faz reclamações e até canta. Um procedimento de investigação foi instaurado para apurar o caso.

No vídeo, de pouco mais de dois minutos, o detento conversa com colegas que estão no lado de fora. Ele mostra detalhes da cela onde cumpre pena e filma outros presos. Também faz algumas reclamações sobre a falta de drogas. “Está difícil, não está tendo maconha para nós”, afirmou Pedro Lopes. Em seguida, ele ainda canta para os internautas.

A Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp), por meio do Departamento Penitenciário de Minas Gerais, afirmou que o detento foi identificado pelo Setor de Inteligência da unidade prisional e confessou que fez a transmissão. Agentes de segurança realizaram uma revista e apreenderam o celular utilizado para fazer a transmissão.

“O preso vai passar pelo Conselho Disciplinar da unidade prisional e sofrerá sanções administrativas. A direção da unidade instaurou uma investigação interna para apurar administrativamente o ocorrido e comunicou o fato à Justiça”, finalizou a Sejusp.


Publicidade