UAI
Publicidade

Estado de Minas CONCESSÃO

Loteria Mineira: nove empresas se inscrevem para exploração de jogos

Empresas, sendo 4 multinacionais, tem até 25 de fevereiro para entregar sugestões, que serão avaliadas durante elaboração de documentos técnicos da licitação


28/01/2022 17:02 - atualizado 28/01/2022 17:24

Bilhetes de loteria
Das nove interessadas em explorar os jogos da Loteria Mineira, quatro são multinacionais (foto: Marcos Vieira/EM/D.A Press)
 
Nove empresas, das quais quatro multinacionais, se inscreveram para a consulta pública aberta a fim de dar contribuições para o aprimoramento de processos e a concessão da exploração de jogos da Loteria Mineira. Elas terão até 25 de fevereiro para entregar suas manifestações e sugestões, que serão avaliadas durante a elaboração dos documentos técnicos da licitação.
 
As empresas que se interessaram pelo projeto foram a Sistema de Distribuição Lotérica LTDA (SDL), a Prohards Tecnologia, a Hebara Distribuidora de Produtos Elétricos, a Intralot do Brasil Comércio de Equipamentos e programas de computador, a MCE Intermediações e Negócios, Tulotero Colômbia, a Autopel Automação e Informática, a International Gaming Technology Brasil Serviço de Dados e a AM&FPA Comércio de Equipamentos e programas de computador.
 
A previsão é de que o processo seja na modalidade Concorrência Pública Internacional, tipo maior oferta, para outorga da concessão de serviços de exploração e operação de jogos de loteria de números, sorteio individual e imediato, loterias convencional (passiva) e tradicionais, em meio físico no estado de Minas Gerais.
 
 
O diretor da Loteria Mineira, autarquia vinculada à Secretaria de Estado de Fazenda (SEF/MG), Ronan Moreira, diz que a participação dos empreendimentos superou as expectativas. 
 
“É uma demonstração de total transparência da Loteria Mineira em um processo aberto, democrático. Principalmente porque conseguimos atrair a atenção de muitas empresas, várias delas conhecidas mundialmente. Isso significa que a instituição é sólida e, sobretudo, que o estado de Minas Gerais desperta o interesse de grandes parceiros", afirma.
 
Segundo Moreira, a entrada de recursos adicionais no caixa do Estado será importante para o financiamento de programas gerenciados pelo Governo que buscam a promoção do bem-estar social nas mais diversas áreas. 
 
"Vale ressaltar que os recursos das premiações acabam circulando no próprio comércio local. Então, estamos esperando uma série de benefícios relacionada a esse novo contrato de exploração de jogos em Minas".


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade