UAI
Publicidade

Estado de Minas INSEMINAÇÃO ARTIFICIAL

Uberaba cadastra pequenos pecuaristas para ampliar inseminação artificial

A duração final do Mais Pecuária Brasil é de quatro anos, sendo que o objetivo é o melhoramento genético do rebanho, tanto da produção leiteira quanto de corte


19/01/2022 18:36 - atualizado 19/01/2022 19:04


Vacas
O objetivo do Mais Pecuária Brasil é proporcionar um menor intervalo entre os partos das vacas, menor tempo de desmame, bezerros mais pesados, restabelecimento corporal das vacas em tempo mais curto e, por fim, melhoramento genético do rebanho (foto: Creative/Commons/Uberaba)
A Secretaria do Agronegócio de Uberaba (Sagri) começou a cadastrar pequenos produtores de Uberaba, no Triângulo Mineiro, interessados em participar do programa Mais Pecuária Brasil, uma iniciativa da Confederação Nacional de Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais (Conafer) que visa o melhoramento genético do rebanho de pequenos pecuaristas por meio de ações como a doação de sêmen. O cadastro será possível graças à assinatura de convênio entre prefeitura e Conafer, o que sacramentou a inclusão da cidade no Mais Pecuária Brasil.
 
Para participar do programa, o pecuarista precisa atender pré-requisitos relacionados à alimentação do rebanho, estrutura e escore corporal das vacas.
 
De acordo com o secretário do Agronegócio, José Geraldo Borges Celani, o programa Mais Pecuária Brasil consiste em promover o melhoramento genético de rebanhos leiteiro e de corte da agricultura familiar. O sêmen, que será distribuído gratuitamente, é produzido pela Alta Genetics do Brasil, central de reprodução animal que tem sede em Uberaba.

 
Biotecnologia IATF
 
De acordo com a zootecnista da Sagri, Renata Serafim, o programa utiliza a biotecnologia conhecida como Inseminação Artificial em Tempo Fixo (IATF), que sincroniza o cio de todas as vacas, de maneira que aquelas que obtiverem prenhez, vão parir no mesmo tempo. “Com isto, o produtor ganha no tempo, pois não precisará ficar olhando a prenhez da vaca constantemente”, explicou Renata.
 
“Outra vantagem do programa, de suma importância, é o melhoramento genético do plantel, sem custos e com sêmens de procedência” acrescentou a zootecnista

Desta forma, o objetivo do programa é proporcionar ao pequeno produtor alcançar bons resultados na propriedade como: menor intervalo entre os partos das vacas, menor tempo de desmame, bezerros mais pesados e restabelecimento corporal das vacas em tempo bem mais curto.
 
Resultado a médio prazo
 
Ainda de acordo com informações da Secretaria do Agronegócio de Uberaba, a duração final do Mais Pecuária Brasil é de quatro anos, sendo que a expectativa após este período é que aconteça o melhoramento genético do rebanho, tanto da produção leiteira quanto de corte.
 


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade