UAI
Publicidade

Estado de Minas PREPARE O BOLSO

E o preço da gasolina? Vai ter o primeiro aumento de 2022

Ainda é possível encontrar gasolina a menos de R$ 7 em Minas Gerais. Em algumas cidades, preços tiveram uma leve queda na comparação com a última semana de 2021


12/01/2022 18:34 - atualizado 12/01/2022 19:40

Frentista abastece veículo
Preço dos combustíveis aumentou para as distribuidoras nesta quarta-feira (12/1), após nova decisão da Petrobras (foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)
O consumidor pode preparar o bolso - de novo. O primeiro reajuste de preço dos combustíveis em 2022, feito pela Petrobras, passou a valer nesta quarta-feira (12/1). A previsão é de que os consumidores comecem a ver a diferença nas bombas já a partir desta quinta-feira (13/1).
 

Sobre o reajuste: o preço médio de venda da gasolina passou de R$ 3,09 para R$ 3,24 por litro, alta de 4,85%. A parcela da Petrobras no preço ao consumidor, que era de R$ 2,26, subiu para R$ 2,37 a cada litro vendido na bomba - uma variação de R$ 0,11 por litro. 
 
Dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP) mostram que, nas últimas semanas, teve cidade mineira que até registrou uma queda no valor médio da gasolina. Outras, no entanto, tiveram mais altas. A pesquisa feita pela ANP considerou as semanas de 26/12 a 1/1, e 2/1 a 8/1. O levantamento foi feito em 40 cidades.
  
Há dados de outros municípios, porém o levantamento de preços não foi realizado nas semanas avaliadas pela reportagem.  Em Araxá, terra do governador Romeu Zema (NOVO), por exemplo, a pesquisa foi feita até o dia 2 de janeiro. Lá, a gasolina era vendida, no preço máximo, a R$ 7,298.

Saiba em quais cidades o combustível aumentou nas duas últimas semanas

Observação: o levantamento conta os preços máximos encontrados pela ANP
  • Alfenas - de R$ 7,149 para R$ 7,299
  • Araguari - de R$ 7,09 para R$ 7,098
  • Betim - de R$ 6,89 para R$ 6,999
  • Conselheiro Lafaiete - de R$ 6,96 para R$ 6,999
  • Contagem - de R$ 6,897 para R$ 6,898
  • Januária - de R$ 7,25 para R$ 7,29
  • Patrocínio - de R$ 7,359 para R$ 7,398
  • Pouso Alegre - de R$ 6,985 para R$ 6,999

Saiba em quais cidades o preço caiu nas últimas duas semanas

Observação: o levantamento conta os preços máximos encontrados pela ANP
  • Belo Horizonte - de R$ 6,977 para R$ 6,944
  • Bom Despacho - de R$ 6,989 para R$ 6,89
  • Campo Belo - de R$ 7,099 para R$ 7,08
  • Divinópolis - de R$ 7,099 para R$ 7,097
  • Formiga - de R$ 7,079 para R$ 6,999
  • Lavras - de R$ 7,099 para R$ 7,049
  • Patos de Minas - de R$ 6,996 para R$ 6,835
  • São João Del Rei - de R$ 7,099 para R$ 6,999
  • São Sebastião do Paraíso - de R$ 7,399 para R$ 7,299
  • Ubá - de R$ 7,399 para R$ 7,199
  • Uberlândia - de R$ 6,899 para R$ 6,799
  • Unaí - de R$ 7,469 para R$ 7,399
  • Viçosa - de R$ 7,29 para R$ 7,28

Cidades onde o preço se manteve o mesmo

Observação: o levantamento conta os preços máximos encontrados pela ANP
  • Barbacena, Governador Valadares e Sete Lagoas  - R$ 6,899
  • Poços de Caldas - R$ 6,988
  • Ipatinga e Itaúna - R$ 6,997
  • Oliveira - R$ 6,99
  • João Pinheiro - R$ 6,999
  • João Monlevade - R$ 7,049
  • Monte Carmelo - R$ 7,099
  • Montes Claros e Muriaé - R$ 7,199
  • Teófilo Otoni - R$ 7,239
  • Juiz de Fora - R$ 7,299
  • Pará de Minas - R$ 7,35
  • Paracatu e Uberaba - R$ 7,399
  • Manhuaçu - R$ 7,409
  • Passos - R$ 7,599


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade