UAI
Publicidade

Estado de Minas Oportunidade

5 dicas para aproveitar a Black Friday e antecipar as compras de Natal

Muitas pessoas aproveitam a Black Friday para comprar os presentes dos familiares e amigos para o Natal; confira dicas para realmente economizar nesta data


24/11/2021 14:04

Loja com ofertas da Black Friday
(foto: Leandro Couri/EM)

 
Uma conveniência bastante agradável para quem gosta de presentear amigos e familiares é que a Black Friday, data em que diversos produtos e serviços estão com descontos e condições especiais, fica bem perto do Natal - enquanto a primeira acontece, neste ano, em 26 de novembro, a segunda, como todos sabem, acontece no dia 25 de dezembro.

Isso significa, portanto, que muitas pessoas aproveitam os preços atrativos da Black Friday para comprar os presentes para a data comemorativa mais importante do ano. Até porque a quantidade de ofertas disponíveis ao público em novembro é muito maior do que as de dezembro, principalmente nos setores de vestuário e calçados.

Se você é do time que vai aproveitar a Black Friday 2021 para garantir os presentes da galera, confira a seguir 5 dicas para adquirir tudo e ainda economizar nas suas compras. Vamos lá?
 

As expectativas da Black Friday 2021 já são bastante positivas

 
As pesquisas do ramo já mostram que se pode esperar bons ventos chegando por aí (ou melhor, boas vendas) para a Black Friday Brasil 2021.
 
Sabendo que o brasileiro é um povo que ama fazer compras, a data é um dos momentos mais importantes para o comércio do país. Uma prova disso é que, de acordo com pesquisa realizada pela Cuponomia entre 25 de outubro e 10 de novembro deste ano, 63% dos consumidores nacionais querem aproveitar a data para antecipar as suas compras natalinas. 
 

Agora, confira nossas 5 dicas para aproveitar a Black Friday e fazer suas compras de Natal

 

1) Antes de ir às compras, faça uma lista dos presentes

 
Em primeiro lugar, é preciso ter planejamento nas suas compras, mesmo que sejam pequenas. Por isso, tenha clareza sobre quem são as pessoas que você tem o intuito de presentear neste Natal - esse é o primeiro passo para evitar gastos desnecessários naquelas voltas intermináveis pelo shopping ou pelas lojas de rua.
 
Depois da lista feita, pense no valor que pode gastar em cada presente e no que seria ideal dar para cada pessoa. A ideia é fazer algo do tipo: “Maria (sobrinha): boneca de R$40 / João (neto): carrinho de R$30”. Mas lembre-se de que as lembranças de Natal não são presentes muito trabalhados, então não invista todo seu dinheiro aqui, ok?
 
Por fim, nunca gaste mais do que 50% do que você recebe de décimo terceiro salário e pense sempre nas suas próprias despesas de fim e início de ano. Além disso, quanto mais economizar, mais sobrará para a viagem dos sonhos, uma parcela do carro ou para a reforma da casa.
 

2) Verifique se o produto realmente está em oferta

 
Depois de fazer a lista, chegou a hora da pesquisa dos preços e de verificar se os valores estão realmente em condições promocionais ou se são o velho golpe da “Black Fraude”. A Black Fraude acontece quando a loja aumenta o preço do produto para depois adicionar o desconto, chegando ao mesmo valor inicial, ou então quando ela oferece um desconto que, quando comparado com as concorrentes, não é tão atrativo assim.
 
Portanto, para saber se a promoção da Black Friday é verdadeira, é preciso saber o valor do produto de, pelo menos, um mês atrás. Uma boa forma de fazer esse acompanhamento, além de manualmente em lojas físicas, é usar sites e extensões do Google Chrome, como Buscapé e Zoom, para as compras on-line. 
 
Uma última dica: sempre que possível, opte por compras à vista e fuja das compras parceladas, que costumam vir acompanhadas de juros que aumentam o valor dos produtos.
 

Confira 6 extensões e sites que vão te ajudar a economizar nas compras


  • ReclameAqui: possui uma extensão para o Google Chrome que compara preços assim que uma loja virtual é acessada;
  • Buscapé: mostra quanto custa cada produto em várias lojas, além de ter um histórico de variação do preço nos últimos seis meses;
  • Zoom: além de comparar preços, ele também compara o custo-benefício de vários produtos;
  • Pelando: rede social criada para que usuários possam compartilhar promoções e cupons de desconto, com espaços onde podem comentar sobre os produtos; 
  • Cuponeria: o site possui cupons gratuitos para várias lojas virtuais;
  • Méliuz: parte do valor gasto nas compras volta para o cliente, de acordo com os cupons oferecidos na plataforma.
 

3) Faça a comparação de preços

 
Agora que você tem uma melhor visão dos preços do mesmo produto em diversas lojas diferentes, faça uma boa comparação para aproveitar ainda mais as ofertas.
 
Mesmo com os descontos, o mesmo produto pode ter uma variação grande de preço de um lugar para outro e, para economizar de verdade, não se pode ter preguiça na hora de pesquisar e, claro, de pechinchar um valor ou condições melhores na concorrência!
 

4) Fique de olho nos prazos de trocas

 
Na hora da compra, um outro fator bastante importante a que você deve se atentar é o período de troca dos produtos, já que a entrega dos presentes se dará um mês após a aquisição dos itens.
 
De acordo com a lei, não existe esse direito de troca, a não ser em casos específicos, como em compras feitas on-line, por exemplo. Nessa situação, já que o consumidor não pode experimentar ou testar o produto, ele pode solicitar a devolução ou substituição da encomenda sete dias após sua entrega.
 
Por isso, atenção: é preciso verificar se a loja oferece pelo menos 30 dias para troca, para que dê tempo de fazê-la sem causar nenhum tipo de frustração a você ou a quem receberá o presente.
 

5) Sempre fique atento às compras pela internet!

 
Se você for fazer compras pela internet, tem a vantagem de contar com as facilidades dos sites como Buscapé e Zoom, mas precisa tomar alguns cuidados relacionados à segurança das informações fornecidas na hora da compra.

É necessário que você pense bem antes de querer logo comprar um produto com um preço irresistível. Isso porque, de acordo com pesquisa da ACI Worldwide, pelo menos 33% dos brasileiros já admitiram terem sido vítimas de fraudes on-line em cartões de crédito, débito e pré-pagos.
 
Então, atenção: só compre em sites que possuam protocolos de segurança (HTTPS), evite pagamentos em boleto, pesquise sobre a reputação da loja, verifique se ela tem o selo da Câmara Brasileira de Comércio Eletrônico e, claro, faça uma boa pesquisa de preços em sites comparativos. Ah! Se possível, faça a compra em um computador pessoal, ok? Nada de aparelhos de uso coletivo!
 
Continue por dentro da Black Friday 2021 no Estado de Minas, acompanhe as notícias e fique de olho para fazer compras com segurança, tranquilidade e economia!


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade