UAI
Publicidade

Estado de Minas NOVA AQUISIÇÃO

Mater Dei anuncia compra de empresa de inteligência artificial

Rede hospitalar pretende pagar até R$ 25 milhões em aquisição secundária de ações e R$ 15 milhões em aquisição primária, podendo totalizar R$ 40 milhões


24/09/2021 19:59 - atualizado 24/09/2021 19:59

Acordo entre Mater Dei e A3Data foi anunciado nesta sexta-feira (24/9)
Acordo entre Mater Dei e A3Data foi anunciado nesta sexta-feira (24/9) (foto: Divulgação/Rede Mater Dei)
O Hospital Mater Dei, sediado em Belo Horizonte, anunciou nesta sexta-feira (24/9) a compra de uma empresa especializada em dados e inteligência artificial. A operação de aquisição da A3Data pode chegar na casa dos R$ 40 milhões.

Isso porque a rede hospitalar pretende pagar até R$ 25,080 milhões em aquisição secundária de ações, conforme modelos de incentivo financeiro alinhado entre as partes, e mais R$ 15 milhões em aquisição primária de ações. Com isso, a compra de 50,1% do capital social da A3Data pode chegar a R$ 40,8 milhões. O acordo também prevê que os sócios e gestores da empresa de inteligência artificial se mantenham à frente do negócio.

"Com essa operação, vamos acelerar o desenvolvimento de inteligência para a aplicação de vários projetos. Alguns deles já estão em andamento. Podemos citar, por exemplo, novos modelos de remuneração, o que já vem sendo feito com sucesso em nossa instituição. Iremos também criar um núcleo de inteligência voltado para a área de saúde e ciências da vida", disse Henrique Salvador, presidente da Rede Mater Dei.

A A3Data atua com foco na transformação cultural e analítica de empresas. "Com métodos próprios consolidados e visão de negócio, seus projetos geram grande impacto nas organizações, líderes em seus segmentos, voltados para o aumento da receita, redução de custos e melhora na satisfação dos clientes", afirma a nota divulgada pelo Mater Dei.

Para Rodrigo Pereira, CEO da A3Data, além de a operação proporcionar ações positivas na área médico-hospitalar, a empresa terá maior capacidade financeira para criar produtos digitais. A rede hospitalar também irá atuar para "fortalecer suas práticas de governança e robustez financeira" em sua mais nova aquisição.

A conclusão da operação, no entanto, está sujeita a determinadas condições precedentes, segundo o Mater Dei.


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade