Publicidade

Estado de Minas LEILÃO VIRTUAL

Leilão do tradicional hotel Ambassy, em BH, termina sem compradores

Um dos hotéis mais antigos da cidade foi leiloado on-line, nesta quarta-feira, mas sem nenhum lance. Em outubro, Othon Palace foi a leilão, sem compradores


14/04/2021 19:25 - atualizado 14/04/2021 20:05

Imóvel de 12 andares fica na rua dos Caetés, esquina da Avenida Afonso Pena, no hipercentro de BH(foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
Imóvel de 12 andares fica na rua dos Caetés, esquina da Avenida Afonso Pena, no hipercentro de BH (foto: Jair Amaral/EM/D.A Press)
 O leilão virtual para a compra do Hotel Ambassy foi aberto as 9h desta quarta-feira (14/4). Porém, nenhuma oferta foi dada no pregão eletrônico. O lance mínimo era de R$ 8,3 milhões, cerca de 50% do valor avaliado do imóvel. O hotel está situado na rua dos Caetés, esquina da Avenida Afonso Pena, no hipercentro de Belo Horizonte, a 300 metros da estação rodoviária.

 

 


O prédio em estilo moderno já foi um dos mais importantes da capital, por ter uma localização de fácil acesso aos principais corredores viários da cidade. Além disso, o edifício de 12 andares, com 67 apartamentos, e 2.810m2 de área construída era de propriedade de Anísio Neves Júnior, já falecido.  

O imóvel foi colocado à venda por determinação do Tribunal Regional do Trabalho da 3ª Região (TRT-MG). Agora, um segundo leilão está marcado para o dia 19 de maio, no mesmo horário e com as mesmas condições.
  
Em outubro do ano passado, o Othon Palace Hotel, na esquina da Rua da Bahia com a Avenida Afonso Pena, no Centro da capital mineira, também foi a leilão. O lance mínimo de R$ 30 milhões nem chegou a ser dado e o prédio ficou sem comprador.
 
*Estagiário sob supervisão do subeditor João Renato Faria


receba nossa newsletter

Comece o dia com as notícias selecionadas pelo nosso editor

Cadastro realizado com sucesso!

*Para comentar, faça seu login ou assine

Publicidade