Publicidade

Estado de Minas 4 DE JUNHO

Dia Livre de Impostos: 700 estabelecimentos dão descontos de até 70%

Devido à pandemia do novo coronavírus, a 14ª edição do protesto será realizada em formato on-line, apenas com empresas que estão presentes na internet


postado em 03/06/2020 16:35 / atualizado em 03/06/2020 23:15

Descontos dos produtos podem chegar até 70%(foto: Reprodução/ Internet)
Descontos dos produtos podem chegar até 70% (foto: Reprodução/ Internet)
Empresários de Belo Horizonte e outras 120 cidades de 16 estados promovem, nesta quinta-feira (4), o Dia Livre de Impostos, protesto realizado todos os anos contra a alta carga tributária e o mau uso do dinheiro público. O objetivo é reforçar a necessidade de reformas fiscais no país. Devido à pandemia do novo coronavírus (Sars-Cov-2), esta edição será realizada em formato on-line. Setecentas empresas de Minas Gerais já confirmaram participação no protesto. 

Realizada há 14 anos na capital mineira, a ação propõe a venda de produtos e serviços sem a incidência de impostos. Os descontos podem chegar a 70%. De acordo com o presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH), Marcelo de Souza e Silva, o objetivo é alertar a população em relação aos impostos pagos na compra de produtos.

"Além de protestar contra a alta carga tributária e cobrar o retorno efetivo dos impostos para a sociedade em forma de investimentos em serviços essenciais, como saúde e educação, este ano, em função da pandemia do coronavírus, o sistema tributário tornou-se um assunto inadiável para discussão" afirmou. Além disso, o dirigente ressaltou que o baixo retorno dos impostos pagos leva à necessidade urgente do avanço da agenda da Reforma Tributária.

O número de estabelecimentos participantes neste ano é bem inferior se comparado ao de 2019, quando 1.317 lojas foram cadastradas. A diferença pode ser explicada pelo novo formato do evento. Para anunciar o produto, é necessário que o estabelecimento, obrigatoriamente, tenha um endereço on-line. 

As empresas interessadas podem cadastrar o site de vendas ou uma forma de contato, para que os consumidores consigam encomendar os produtos e recebê-los em casa ou, até mesmo, buscá-los na loja. No site do Dia Livre de Impostos, ao selecionar o produto desejado, o usuário é redirecionado para a página da internet da respectiva loja. 

Entre os estabelecimentos confirmados para esta edição estão drogarias, perfumarias, supermercados, padarias, restaurantes, shoppings centers, autoescola, escola de idiomas, lojas de material de construção, pet shops, lojas de calçados, roupas e acessórios, entre outros segmentos do varejo.

Impostos

As empresas brasileiras gastam, em média, 2 mil horas por ano para conseguir lidar com a burocracia tributária, de acordo com o Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT). Ainda segundo o órgão, o Brasil é considerado o país em que se gasta mais tempo calculando e pagando tributos no mundo. Além disso, em um ranking de 30 países, ele aparece na 14ª colocação entre os que mais arrecadam impostos e é o último quando o critério é o retorno do dinheiro em benefício da população.

Para o presidente da CDL/BH, “a carga tributária brasileira está entre as mais elevadas do mundo. Só para se ter uma ideia do peso dos impostos na vida da sociedade, o brasileiro trabalha em média 153 dias por ano, o que corresponde a cinco meses, só para pagar impostos".
 
*Estagiário sob supervisão da editora Liliane Corrêa

Compartilhe no Facebook
*Apenas para assinantes do Estado de Minas

Publicidade