Publicidade

Estado de Minas

Petrobras anuncia aumento no preço da gasolina em 2,5% nas refinarias

Elevação ocorre uma semana depois de um reajuste de 3,5%; nos postos, o impacto deve ser repassado aos consumidores


postado em 27/09/2019 15:21 / atualizado em 27/09/2019 15:51

(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
(foto: Luis Nova/Esp. CB/D.A Press)
A Petrobras aumentou a gasolina em 2,5% nas refinarias, nesta sexta-feira (27/9). O preço do diesel ficou estável. A elevação ocorre uma semana depois de uma majoração de 3,5% no combustível mais usado nos carros de passeio. Os preços praticados, sem impostos, na refinaria, subiram de R$ 1,724, em 19 de setembro, para 1,768, hoje. Nos postos, o impacto deve ser repassado aos consumidores.

 

Com o aumento, a gasolina acumula alta de cerca de 6,1% nas distribuidoras desde a semana passada. Segundo a estatal “o repasse ou não do aumento para os consumidores finais fica a critério das distribuidoras e postos".

 

A Petrobras, que costumava divulgar os percentuais de aumentos para a imprensa cadastrada, deixou de fazê-lo. Agora, disponibiliza a informação apenas no site da companhia. Procurada, a assessoria de imprensa disse que a companhia “está cumprindo o que a ANP (Agência Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis) determina em relação à divulgação de reajustes”.

 

Segundo pesquisa da ANP na semana até 21 de setembro, o preço médio da gasolina nos postos no país estava em R$ 4,317, alta de 0,16% frente à semana anterior. O primeiro aumento, de 19 de setembro, se justificou por conta do ataque a instalações petroleiras na Arábia Saudita, o que provocou uma disparada no preço do barril de petróleo, em torno de 19%, no mercado mundial.

 

No entanto, houve uma acomodação desde então, com a retomada da produção árabe, e a alta ficou abaixo de 7%. Também usado pela estatal para manter a paridade internacional dos combustíveis, o câmbio está estável nesta semana.


Publicidade